Grupo de adolescentes na atenção básica à saúde: discutindo a integralidade do cuidado

Imagem de Miniatura
Data
2023-07-07
Autores
Sebastião, Ingrid Alessandra de Carvalho [UNIFESP]
Orientadores
Bianchi, Pamela Cristina [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: O presente trabalho busca discutir a integralidade em saúde a partir do relato de experiência de um grupo de adolescentes implementado pela equipe do Programa de Educação pelo Trabalho para Saúde - Gestão e Assistência (PET-Saúde) da Universidade Federal de São Paulo, em parceria com a Unidade de Saúde da Família (USF) do território de intervenção e o Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB). A atenção em saúde a jovens e adolescentes no SUS não se dá de maneira a atingi-los plenamente. Quando essa população é alvo de ações por parte das unidades de saúde, as mesmas tendem a reduzir a demanda dos sujeitos a questões de sexualidade, havendo a persistência de um olhar normativo quanto ao cuidado ofertado. Procedimentos Metodológicos: Trata-se de um relato de experiência. Para realização do estudo, debruçou-se nos diários de campo redigidos durante a realização do grupo, utilizados como principal fonte de análise. Relatando a experiência: A partir do diálogo com a USF e da escuta de suas necessidades, propôs-se a construção de um grupo de adolescentes. Além da parceria com a equipe da USF, estabeleceu-se parceria com uma organização não governamental de contraturno escolar. O grupo teve como objetivo discutir questões do adolescer, totalizando seis encontros, elaborados a partir de oficinas temáticas, entre o período de novembro e dezembro de 2022. Discussão: A experiência foi analisada a luz do conceito de integralidade do cuidado, abarcando reflexões sobre os quatro eixos que compõe o conceito: necessidades, finalidades, articulações e interações. O trabalho discute como o grupo de adolescentes se desenvolveu enquanto intervenção efetiva no alcance da integralidade em saúde na Atenção Básica. Conclusão: O grupo apresentou-se como uma estratégia exitosa para aproximação e criação de vínculos entre os adolescentes e a equipe de saúde da família, ressaltando o trabalho interprofissional e intersetorial. A integralidade no cuidado em saúde mostra-se fundamental para a atenção à essa população, indo para além do cuidado tradicional saúde-doença, mas como cuidado emancipatório importante nessa fase da vida.
Descrição
Citação
SEBASTIÃO, Ingrid Alessandra de Carvalho. Grupo de adolescentes na atenção básica à saúde: discutindo a integralidade do cuidado. 2023. 39 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Terapia Ocupacional) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2023.