Avaliação da terapia nutricional em uma unidade de terapia intensiva oncológica pediátrica

Avaliação da terapia nutricional em uma unidade de terapia intensiva oncológica pediátrica

Author Teles, Nayara Dorascenzi Magri Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Oliveira, Fernanda Luisa Ceragioli Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Nutrição
Abstract Objective: to evaluate the impact of nutritional status and other correlated variables on the mortality of critical pediatric oncology patients at the time of admission on Intensive Care Unit (ICU). Methods: retrospective observational study of patients admitted to the ICU of the Institute of Pediatric Oncology / Support Group to Children and Youth with Cancer (IOP/GRAACC - Instituto de Oncologia Pediátrica / Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) of the Federal University of São Paulo (UNIFESP - Universidade Federal de São Paulo), between August 2015 and February 2017. All patients in the pediatric age group, with malignant neoplasm and length of stay greater than 7 days were included. There were excluded patients admitted exclusively for palliative care. Clinical and nutritional parameters were evaluated. The prognostic score Pediatric Index of Mortality 2 (PIM 2) used to measure the clinical severity on multivariate logistic regression models were used to evaluate the performance of different markers of nutritional status (arm circumference, BMI-for-age z-score and height-for-age z-score) as predictors on risk for in-hospital death and death at ICU. The performance of the probability to estimate the occurrence of the event was evaluated using ROC curves. Results: The sample consisted of 155 admissions. The predicted death rate by PIM 2 and below-adequate BMI-for-age z-score were predictors of in-hospital death. Recurrence of oncological disease, hematopoietic stem cell transplantation (HSCT) and fasting time were predictors of death at ICU. The performance of the predictive PIM 2 score improved by adding the nutritional variables. Conclusion: Nutritional status and its deterioration by prolonged fasting affect the mortality of critically ill children with cancer.

Objetivo: avaliar o impacto do estado nutricional e outras variáveis correlatas, tais como o tempo de jejum e realização de cirurgia, na mortalidade do paciente crítico oncológico pediátrico no momento da admissão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Métodos: estudo observacional retrospectivo, dos pacientes admitidos na Unidade de Terapia Intensiva do Instituto de Oncologia Pediátrica/Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (IOP/GRAACC) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), entre agosto de 2015 e fevereiro de 2017. Foram incluídos todos os pacientes na faixa etária pediátrica, com neoplasia maligna e tempo de internação maior que 7 dias. Foram excluídos pacientes admitidos exclusivamente para cuidados paliativos. Foram avaliados parâmetros clínicos e nutricionais. O escore prognóstico Pediatric Index of Mortality 2 (PIM 2) utilizado para mensurar a gravidade clínica nos modelos de regressão logística multivariada foi utilizado em conjunto com as variáveis relacionadas ao estado nutricional (circunferência do braço, escore-z do IMC/I e escore-z de E/I) para avaliar o desempenho como preditores para as variáveis “óbito intra-hospitalar” e “óbito na UTI”. As chances (“odds”) foram calculadas como a probabilidade de ocorrer o evento (variável dependente) a partir do valor da variável independente. O desempenho das probabilidades calculadas em estimar as ocorrências dos eventos foi avaliado por meio de curvas ROC. Resultados: A amostra foi constituída de 155 admissões superiores a 7 dias. A taxa de morte prevista pelo PIM 2 e escore-z do IMC/I abaixo do adequado foram preditores de óbito intra-hospitalar. Recidiva de doença oncológica, transplante de células-tronco hematopoiéticas (TCTH) e tempo de jejum foram preditores de óbito na UTI. O desempenho do escore preditivo PIM 2 pode ser ajustado ao adicionarmos as variáveis nutricionais. Conclusão: O estado nutricional e sua deterioração por tempo de jejum prolongado impactam na mortalidade de crianças com câncer criticamente enfermas.
Keywords Oncology
Critical Care
Mortality
Nutritional Assessment
Pediatrics.
Oncologia
Cuidados Críticos
Mortalidade
Avaliação Nutricional
Pediatria.
Language Portuguese
Date 2019-04-25
Research area Nutrição Em Especialidades Clínicas
Knowledge area Nutricao
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=7878106
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59526

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account