Análise local de vulnerabilidade do solo na perspectiva de geologia ambiental do Parque Estadual da Restinga de Bertioga-PERB

Imagem de Miniatura
Data
2022-12-13
Autores
Nunes, Julia Marquez [UNIFESP]
Orientadores
Ribeiro, Gilberto Pessanha [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Os desastres nas zonas litorâneas, especificamente na região do PERB - Parque Estadual da Restinga de Bertioga, são marcados por áreas de risco ambiental, sobretudo quando há eventos climáticos extremos. Vale ressaltar que a fitofisionomia do PERB tem em partes vegetação que ocupa áreas de solo de deposição recente, ainda instáveis e a atividades humanas destas áreas sem o conhecimento prévio de riscos, vulnerabilidades e restrições de uso também podem comprometer os recursos naturais. De acordo Rodriguez et al. (2007), na atualidade, a intensidade das atividades humanas, juntamente com as alterações ambientais, e as suas fisionomias e propriedades ambientais sejam compreendidas como um conjunto constituído por feições naturais, sociais e culturais. Para Bertrand (2004) esta é a resultante da junção dinâmica, todavia cheia de instabilidades, de elementos relacionados ao meio físicos, biota e atividades humanas. Assim, diante do estudo paisagístico, tem-se a possibilidade de análises de forma sistêmica de determinadas atividades que moldam e alteram o espaço, ou seja, a paisagem não é encarada somente como o meio físico da natureza mas sim um conjunto complexo. Segundo levantamento realizado pela equipe do PERB por meio de imagens de satélite de março de 2018, empregando métodos e técnicas de geoprocessamento, foram identificadas cerca de 298 construções no interior dessa Unidade de Conservação, com isso, será realizada uma análise em torno dos riscos geomorfológicos da região e com implicações em políticas públicas na gestão, com o levantamento dos métodos, programas, e instituições criados, vinculados ao monitoramento e à previsibilidade da ocorrência de eventos geológicos, bem como dos programas e ações de prevenção e redução de danos.
Disasters in coastal areas, specifically in the region of PERB - Restinga de Bertioga State Park, are marked by areas of environmental risk, especially when there are extreme weather events. It is noteworthy that the phytophysiognomy of the PERB has, in parts, vegetation that occupies areas of recent deposition soil, still unstable, and human activities in these areas without prior knowledge of risks, vulnerabilities and use restrictions can also compromise natural resources. According to Rodriguez et al. (2007), currently, the intensity of human activities, along with environmental changes, and their physiognomies and environmental properties are understood as a set consisting of natural, social and cultural features. For Bertrand (2004) this is the result of the dynamic junction, however full of instabilities, of elements related to the physical environment, biota and human activities. Thus, in view of the landscape study, there is the possibility of analyzing in a systemic way certain activities that shape and alter the space, that is, the landscape is not seen only as the physical environment of nature, but as a complex set. According to a survey carried out by the PERB team using satellite images from March 2018, using geoprocessing methods and techniques, approximately 298 buildings were identified inside this Conservation Unit, with this, an analysis will be carried out around the geomorphological risks of the region and with implications for public management policies, with a survey of the methods, programs and institutions created, linked to the monitoring and predictability of the occurrence of geological events, as well as programs and actions for prevention and reduction of damage.
Descrição
Citação
NUNES, Julia Marquez. Análise local de vulnerabilidade do solo na perspectiva de geologia ambiental do Parque Estadual da Restinga de Bertioga-PERB. 2023. 47 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar) - Instituto do Mar, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2023.