Capitalismo predatório e a questão ambiental no Brasil: Uma discussão sobre o avanço neoliberal

Imagem de Miniatura
Data
2023-05-12
Autores
Oliveira, Bruna de [UNIFESP]
Orientadores
Diniz, Tânia Maria Ramos de Godoi [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O presente trabalho busca refletir sobre a intensificação do capitalismo predatório extrativista em um governo neoliberal e seus impactos no meio ambiente e sociedade, levando em consideração as raízes sócio-históricas extrativistas brasileiras. Estruturamos, primeiramente, um apanhado histórico dos últimos governos brasileiros com intuito de detalhar uma trajetória de intensificação neoliberal de desmontes nas áreas sociais e ambientais, que tiveram início durante o governo Dilma, e se concretizaram durante o Golpe Parlamentar e o Governo Bolsonaro. Com o intuito de aprofundar e entender as raízes de uma cultura predatória, discutimos também o processo colonizador do Brasil e América Latina, como fator determinante no processo intensificação extrativista e exclusão étnica e racial. Entendemos também, o capital, em sua forma mais madura, como principal meio de materialização de tragédias e crimes ambientais, transformando ideias sustentáveis em meras ilusões. E organicamente, discutimos, por fim, as formas de combate de luta contra as desmontes ambientais e sociais.
The present work seeks to reflect on the intensification of extractive predatory capitalism in a neoliberal government and its effects on the environment and society, taking into account the Brazilian extractive socio-historical roots. We have structured, we hope, a historical overview of the last Brazilian governments in order to detail a trajectory of neoliberal intensification of dismantling in the social and environmental areas, which began during the Dilma government, and materialized during the Parliamentary Coup and the Bolsonaro Government. With the intention of deepening and understanding the roots of a predatory culture, we also discuss the colonization process in Brazil and Latin America, as a determining factor in the process of extractive intensification and ethnic and racial exclusion. We also understand capital, in its most mature form, as the main means of materializing tragedies and environmental crimes, projecting ideas into mere illusions. And organically, we discussed, finally, the forms of combat against environmental and social dismantling.
Descrição
Citação
OLIVEIRA, Bruna de. Capitalismo predatório e a questão ambiental no Brasil: Uma discussão sobre o avanço neoliberal. 2023. 74 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social e Políticas Sociais) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2023.