Contribuições teóricas e políticas de intelectuais negras brasileiras para o Serviço Social: um encontro com Sueli Carneiro e Lélia Gonzalez

Imagem de Miniatura
Data
2023-05-19
Autores
Lourenço, Ana Paula Pires [UNIFESP]
Orientadores
Gonçalves, Renata [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A presente dissertação tem como objetivo estudar o pensamento de duas intelectuais negras brasileiras, Sueli Carneiro e Lélia Gonzalez, a partir de premissas constitutivas da relação social capitalista brasileira, como o racismo, as mulheres negras e a desigualdade social mediada pelos movimentos e lutas sociais, fundamentais para estabelecer nexos, interlocuções, um encontro com o Serviço Social. Para isso, realizou-se o esforço intelectual de apreensão do pensamento das autoras estabelecendo aproximações com os pressupostos do Serviço Social brasileiro no contexto das relações sociais capitalistas. Para utilizar como referencial teórico a crítica marxista, questionou-se as relações sociais racistas, patriarcais e de desigualdade social atribuídas aos processos societários durante a acumulação capitalista, trazendo à frente dos fatos históricos nacionais e internacionais o protagonismo de mulheres negras como bem mostram as autoras. Buscou-se, assim, apreender as relações de exploração e opressão vividas pelas mulheres negras em meio a traços do capitalismo, bem como a participação delas nos movimentos sociais e nas lutas anticapitalistas. Nesse sentido, adotamos como pergunta central, “qual é a importância e a contribuição do pensamento de Sueli Carneiro e Lélia Gonzalez no encontro com o Serviço Social?”. Para responder a essa questão, em termos metodológicos, utilizamos nessa pesquisa um cunho qualitativo na abordagem bibliográfica, fazendo uso dos principais textos das autoras em consonância com o Serviço Social. Como resultado, os principais achados foram entender a importância do encontro, do diálogo e, sobretudo, da interlocução das autoras em questão com o Serviço Social, no que diz respeito a contribuir e aprofundar a compreensão da luta antirracista, antisexista e anticapitalista para mulheres negras da classe trabalhadora. Esses pontos nos permitem vislumbrar um Serviço Social enegrecido e afrotalinoamericano, parafraseando os pensamentos de Sueli Carneiro e de Lélia Gonzalez, respectivamente, como autoras que ocuparam um lugar central neste estudo em função dos debates impulsionados por elas em relação à condição das mulheres negras no país.
The purpose of this dissertation is to study the ideas of two Black Brazilian intellectuals, Sueli Carneiro and Lélia Gonzalez, based on the constitutive premises of the Brazilian capitalist social relation, such as racism, Black women, and social inequality mediated by social movements and struggles, which are fundamental to establishing connections, dialogues, and an encounter with Social Work. To achieve this, an intellectual effort was made to understand the authors' ideas by establishing connections with the assumptions of Brazilian Social Work in the context of social relations under the capitalist structure. Using Marxist criticism as a theoretical reference, this study questioned the racist, patriarchal, and social inequality relations attributed to societal processes during capitalist accumulation, emphasizing the protagonism of Black women in national and international historical events, as demonstrated by the authors. Thus, the study aimed at grasping the relations of exploitation and oppression experienced by Black women amidst capitalist traits, as well as their participation in social movements and in anti-capitalist struggles. In this sense, the central question adopted in this study was: "What is the importance and contribution of the ideas of Lélia Gonzalez and Sueli Carneiro in the encounter with Social Work?" To answer this question, a qualitative methodological approach was used, relying on bibliographical sources, with a focus on the authors' main texts in line with Social Work. As a result, the main findings were the understanding of the importance of encounter, dialogue, and, above all, the conversation of the authors with Social Work, regarding their contribution to deepening the understanding of the anti-racist, anti-sexist, and anti-capitalist struggles for Black working-class women. These findings allow us to envision an Afro-Latin American and Black Social Work, paraphrasing the thoughts of Lélia Gonzalez and Sueli Carneiro, respectively, as authors who played a central role in this study due to the debates they stimulated regarding the condition of Black women in the country.
Descrição
Citação
LOURENÇO, Ana Paula Pires. Contribuições teóricas e políticas de intelectuais negras brasileiras para o Serviço Social: um encontro com Sueli Carneiro e Lélia Gonzalez. 2023. 112 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social e Políticas Sociais) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2023.