O olhar masculino como formador da representação da mulher: o caso do filme noir

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2013
Autores
Pires, Joice Oliveira [UNIFESP]
Orientadores
Rovai, Mauro Luiz [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Through film analysis from the movies Gilda (1946), The Killers (1946) and Gun Crazy (or Deadly is the Female - 1950) the intention is to identify and discuss the way woman is constructed in the 1940-50‟s cinema. Such analysis will be articulated with the social context from this period. The hypothesis is that although film noir (genre on which the three movies above can be placed) seems to be libertarian to woman‟s representation, it also brings contradictions that lead to a conservative gaze, because female characters were seen inside a male order that set them more as object that as subject.
Pretende-se estudar os filmes Gilda (1946), Os Assassinos (1946 - The Killers) e Mortalmente Perigosa (1950 - Gun Crazy ou Deadly is the Female), de modo a identificar e discutir, por meio da análise de cada um deles, a maneira como a figura da mulher é construída no cinema das décadas de 1940-1950. Tais análises serão articuladas com o contexto social da época. A hipótese é de que embora o filme noir (gênero no qual os três filmes acima podem ser encaixados) aparente ser libertário para a representação da mulher, ele também traz uma série de contradições que levam a um olhar conservador, pois as personagens femininas eram vistas no interior de uma ordem masculina que as posicionava mais como um objeto do que como um sujeito.
Descrição
Citação
PIRES, Joice Oliveira. O olhar masculino como formador da representação da mulher: o caso do filme noir. Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em Ciências Sociais) - Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Guarulhos, 2013.