Comparação entre a comunidade microbiana de vida livre com a comunidade associada a eucariotos e partículas em águas costeiras

Imagem de Miniatura
Data
2022-12-16
Autores
Mendes, Gustavo Antonio Oliveira [UNIFESP]
Orientadores
Gregoracci, Gustavo Bueno [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
As células microbianas vivem associadas a outras células, formando comunidades das quais podem apresentar composições e compartimentos diferentes, sendo de vida livre ou associada ao material particulado. Contudo, os recursos, as condições físico-químicas e as interferências antropogênicas no microambiente também influenciam no controle, abundância e manutenção das comunidades. Portanto, o estudo tem como objetivo comparar as composições taxonômicas das comunidades microbianas de vida livre com a associada a eucariotos e partículas em águas costeiras. O resultado da pesquisa destacou a semelhança estatística entre os táxons, mesmo com uma ampla variedade de micro-organismos presentes na região do canal do Porto de Santos e na Estação Ecológica de Tupinambás. A análise das amostras de água revelou um alto índice de: Gammaproteobacteria, Marinobacterium, SAR 11 Clade_la e SAR 11 Clade_I_ge, variando com local e dia de coleta. E o material particulado, por sua vez, consagrou a presença importante do filo Cyanobacteria, mediante a abundância significativa de Chloroplast_ge nas amostras do porto e do gênero Synechococcus_CC9902 em Tupinambás.
Descrição
Citação
MENDES, Gustavo Antonio Oliveira. Comparação entre a comunidade microbiana de vida livre com a comunidade associada a eucariotos e partículas em águas costeiras. 2022. 33 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar) - Instituto do Mar, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2022.