Análise in vitro da influência do tempo de eco e tempo de repetição em imagens de ressonância magnética com ponderação T1 aplicadas em polimicrogiria

Imagem de Miniatura
Data
2023-01-23
Autores
Vesco, Matheus Farinaro [UNIFESP]
Orientadores
Farias, Thiago Michel de Brito [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A polimicrogíria é o achado de malformação mais comum entre recém nascidos. A determinação de suas bordas é extremamente importante no campo na medicina, especialmente em casos candidatos a cirúrgia para epilepsia. Equipamentos de 7T oferecem grandes vantagens na determinação de bordas, oferecendo até sequências especiais para a determinação com maior clareza das margens de tecidos de diferentes densidades. No entanto, equipamentos de 7T não estão aprovados para uso clínico em diversos países, fazendo com que a otimização de equipamentos de 3T e 1,5T seja a melhor opção para melhorar a acurácia de detecção da polimicrogíria. O presente estudo tem por objetivo analisar a influência, in vitro, do Tempo de Eco e Tempo de Repetição em parâmetros de qualidade de imagem. Os parâmetros analisados foram a Relação Sinal-Ruído, a Relação Contraste-Ruído, e a análise de alto contraste. Todas as análises foram feitas a partir de uma sequência T1 utilizada no setor de Ressonância Magnética de um hospital público de São Paulo.
Descrição
Citação