Avaliação do potencial citotóxico de extrato de bactérias marinhas em modelo de desenvolvimento embrionário de Mellita quinquiesperforata

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2022-12-15
Autores
Duarte, Victória Aparecida [UNIFESP]
Orientadores
Jimenez, Paula Christine [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A utilização de organismos marinhos no desenvolvimento de produtos naturais vêm sendo uma área cada vez mais explorada, com destaque principalmente para aplicação dos microrganismos marinhos para essa finalidade. Neste contexto, as bactérias são importantes fontes de substâncias bioativas, inclusive com potencial anticâncer, que representa uma das categorias de fármacos mais desenvolvidas a partir de fontes naturais. Neste contexto, o nosso grupo de pesquisa se dedica a isolar e estudar microrganismos marinhos e, a partir deste recurso, desenvolveu-se um importante banco de cepas, o MicroMarin, que conta hoje com quase 2000 cepas de bactérias. O MicroMarin, além de armazenar tais cepas, ainda tem como foco analisar e determinar a citotoxicidade em linhagens de células tumorais de extratos obtidos destes microrganismos. Levando isso em consideração, o objetivo deste trabalho é avaliar a atividade citotóxica de extratos de bactérias recuperadas do sedimento marinho da Antártica a partir do efeito sobre as fases iniciais da embriogênese da bolacha-do-mar Mellita quinquiesperforata, bem como validar este modelo tendo como parâmetro a citotoxicidade in vitro dos extratos contra células tumorais. A partir do banco de cepas MicroMarin-SP, foram selecionadas 9 cepas de bactérias cujos extratos foram avaliados por seu efeito sobre a primeira divisão e a fase de blástula dos ovos de Mellita quinquiesperforata. Mais além, os mesmos 9 extratos foram avaliados por seu efeito antiproliferativo em células HCT-116 e 501Mel. O extrato obtido da cepa BRB-294 foi capaz de reduzir significativamente a quantidade de ovos que concluíram a primeira divisão celular, assim como a fase de blástula, nas duas concentrações testadas, 500 e 100μg/mL. Os extratos BRB-292, BRB-295 e BRB-300 reduziram significativamente a primeira divisão dos ovos na maior concentração. Quanto à inibição da proliferação celular, na concentração de 50μg/mL, BRB-294 inibiu quase 100% da proliferação de ambas as linhagens, e para BRB-300, a taxa de inibição da proliferação de HCT-116 foi acima de 50%. Ao correlacionar os grupos de dados obtidos nos dois modelos deste estudo, tem-se uma correlação positiva alta e estatisticamente significativa entre a inibição da proliferação das células tumorais e o efeito dos extratos sobre a primeira divisão e a blástula na concentração 100μg/mL. Dessa forma, este trabalho mostrou a validade e eficiência do modelo de embriogênese de Mellita quinquiesperforata em identificar extratos complexos com potencial anticâncer, bem como demonstrou que a região Antártica é promissora para a prospecção de microrganismos com potencial farmacológico.
Descrição
Citação
DUARTE, Victória Aparecida. Avaliação do potencial citotóxico de extratos de bactérias marinhas em modelo de desenvolvimento embrionário de Mellita quinquiesperforata. 2022. 44 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar) Instituto do Mar, Universidade Federal de São Paulo, 2022.