Retrato de artista no ateliê: a representação de pintores e escultores pelos pincéis de seus contemporâneos no Brasil (1878-1919)

Imagem de Miniatura
Data
2022
Autores
Gomes, Natália Cristina de Aquino [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Livro
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Esta publicação originalmente apresentada como dissertação (mestrado) do PPGHA da EFLCH-UNIFESP e aqui publicada como e-book – um dos dois primeiros volumes da Coleção ARTE EM PESQUISA, criada em 2021 pelo Programa de Pós-Graduação em História da Arte-PPGHA, da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas-EFLCH da Universidade Federal de São Paulo-UNIFESP – trata sobre um estudo de retratos de artistas no ateliê, de pintores e escultores atuantes ao longo do século XIX e início do século XX no Brasil, realizados por seus contemporâneos. Nestes retratos, os artistas são representados por seus pares em ateliês, elegantemente posando ou individualmente em meio ao ofício e coletivamente, ao lado de outros artistas ou amigos. A pesquisa busca entender de que maneira a modalidade do retrato de artista no ateliê denota a importância e afirmação de sua figura como pintor ou escultor, além da legitimação de sua posição social como artista por meio do reconhecimento de seu ofício. Para isto, foi levado em consideração os modelos visuais e gêneros internacionais e os estudos atuais acerca da temática do ateliê e a questão do autorretrato, sobretudo como ponto de análise e comparação entre as obras, identificando ainda as diferenças e semelhanças na imagem feita por si próprio e por outro artista. O estudo aborda também a questão da literatura e a presença dos artistas e de seus ateliês nos romances do século XIX, a fim de investigar como foram narrados nas páginas lidas pela sociedade da época, assim como recuperar a discussão bibliográfica da representação do artista e do ateliê e a crítica de arte do período em jornais ou revistas da época. Desta forma, na análise dos retratos estudados foi identificado se estes estiveram nas Exposições Gerais de Belas Artes ou em mostras individuais e as possíveis relações entre estes retratos e a fotografia, visto que muitos artistas eram partidários da técnica de captura de imagens na produção de suas obras, registrando alguns em seus ateliês por meio da técnica. Além disso, as condições socioculturais dos ateliês retratados foram analisadas no intuito de compreender e ampliar as questões artísticas do período, as relações sociais entre os artistas (retratado e retratista) e a instituição acadêmica e os locais de trabalho no Rio de Janeiro e no exterior. A publicação busca demonstrar, então, as múltiplas facetas do ateliê e a relevância do tema para o estudo da arte brasileira de fins do século XIX e início do século XX, assim como de seus artistas que se autorrepresentaram ou representaram seus contemporâneos nos espaços dos ateliês.
Descrição
Citação
Gomes, Natália Cristina de Aquino. Retrato de artista no ateliê [livro eletrônico]: a representação de pintores e escultores pelos pincéis de seus contemporâneos no Brasil (1878-1919). São Paulo : Universidade Federal de São Paulo, 2022. PDF. - (Coleção Arte em Pesquisa) Originalmente apresentada como dissertação (mestrado) do PPGHA da EFLCH-UNIFESP.
Coleções