O Caso Leandro

Imagem de Miniatura
Data
2022
Autores
Medeiros, Aline Fernanda Garcia [UNIFESP]
Orientadores
Plens, Cláudia Regina [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de especialização
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O presente trabalho buscou analisar, a partir da perspectiva da Antropologia Forense e de seu papel para a garantia do respeito aos Direitos Humanos, o caso do desaparecimento de Leandro Bossi no ano de 1992 na cidade de Guaratuba/PR. O caso ganhou atenção da imprensa nacional por ter sido associado ao desaparecimento de outra criança, Evandro Ramos Caetano, também no ano de 1992. Diversos equívocos na condução das investigações podem ser imputados como responsáveis pela ausência de respostas com a qual a família de Leandro Bossi precisou lidar durante 30 anos e, consequentemente, para a prolongação do sofrimento dessas pessoas. A partir da recuperação do histórico de seu desaparecimento e os rumos das investigações, incluindo os laudos realizados em 1993 para identificação de uma ossada que suspeitava-se ser de Leandro, buscamos refletir sobre o papel das autoridades e o devido uso das ciências forenses como instrumento de apoio à garantia do respeito à dignidade humana.
Descrição
Citação