Avaliação do potencial de remediação de metais em sedimento de dragagem do canal do porto de Santos, através da técnica de remediação eletrocinética em reator de batelada

Imagem de Miniatura
Data
2021-08-12
Autores
Gomes, Isabely Cristina Souza [UNIFESP]
Orientadores
Torres, Ronaldo José [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Com as diversas atividades nas bacias hidrográficas, estuários e baías acabam tendo seus sedimentos contaminados devido ao elevado poder de bioacumulação, biomagnificação e toxicidade de alguns metais, semimetais e compostos orgânicos persistentes presentes nos resíduos despejados. Dentre estas atividades encontra-se a dragagem, que está sujeita ao licenciamento ambiental (Resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) nº 237/1997) por ser considerada uma atividade potencialmente poluidora e degradadora. Em função disso, seu material requer atenção na qualidade, necessitando de avaliação e monitoramento, na qual dispõe de regimento através da Resolução CONAMA nº 454/2012. Essa resolução estabelece diretrizes e procedimentos sobre a gestão do material dragado onde seus valores são baseados nos valores estipulados de solo e águas subterrâneas da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). Diante dessa problemática, pesquisadores têm buscado por técnicas de remediação onde a técnica de remediação eletrocinética (EK) vem chamando atenção por mostrar resultados promissores. Com isso, este trabalho tem como objetivo principal realizar uma revisão bibliográfica sobre a técnica EK na remediação de metais em sedimento de dragagem utilizando reator batelada.
Descrição
Citação
GOMES, Isabely Cristina Souza. Avaliação do potencial de remediação de metais em sedimento de dragagem do canal do porto de Santos, através da técnica de remediação eletrocinética em reator de batelada. 2021. 23 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar) - Instituto do Mar, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2021.