Guerra, Escravidão e Estado-Nação. Uma perspectiva transnacional da Guerra do Paraguai: Repercussões da imprensa estadunidense (1864-1870)

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2021-02-24
Autores
MEKITARIAN, João Paulo
Orientadores
COSTA, Wilma Peres
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Este projeto procura concretizar um exercício de pesquisa, a partir da prospecção da maneira como foi tratada a Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai (1864-1870), em dois jornais Norte-americanos. A relevância das visões Norte-americanas sobre o conflito se justifica, entre outras razões, pelo fato de que os Estados Unidos tiveram, durante todo o conflito, posição de franco apoio ao Paraguai, influenciando com isso a maior parte das repúblicas latino-americanas na mesma direção. Justifica-se, também, como um esforço de ultrapassar uma perspectiva “nacional” da guerra, baseada apenas em fontes brasileiras. Escolhemos um jornal de New York (The New York Herald) e um jornal Sulista, (The Charleston Daily), procurando dar visibilidade às diferenças de abordagem do conflito Sul-americano que poderiam emergir no quinquênio subsequente ao fim da Guerra Civil (1861-1865). O trabalho parte do pressuposto de que as décadas de 1860-1870, foram tempos de intensa e violenta reconfiguração mundial, nas mais distintas facetas. É neste contexto em que se localizam a Guerra de Secessão (1861-1865) e a Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), dois conflitos longos, ultraviolentos e que carregavam de maneira distinta, o fardo da escravidão, republicanismo e a construção de Estados-Nação na América. Os conflitos ocorreram em contexto de enorme desenvolvimento dos meios de comunicação, em particular da imprensa, o que fundamenta o caráter estratégico da presente investigação, que trata, pela via da imprensa, dos conflitos econômicos, diplomáticos e geopolíticos.
Descrição
Citação
MEKITARIAN, João Paulo. Guerra, Escravidão e Estado-Nação. Uma perspectiva transnacional da Guerra do Paraguai: Repercussões da imprensa estadunidense (1864-1870). Trabalho de conclusão de curso (Bacharelado em História) – Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo. Guarulhos. 2021
Coleções