As políticas do estado e a indústria de bens de capital: os impactos no emprego e na estrutura produtiva nacional da indústria parapetrolífera no período de 2003 a 2013

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2019-02-20
Autores
Cardoso, Andre De Oliveira [UNIFESP]
Orientadores
Tessari, Claudia Alessandra [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
The objective of this dissertation is to analyze the policies of the Brazilian State from 2003 to 2013 for the capital goods industry and the impact of these policies on the employment and productive structure of the the parapetrolifer industry (IPP). It sought to analyze the existence of the relationship of the country's economic development and the growth of its industry as a result of the intentional measures of the Brazilian government. The method used was based on the historical analysis of the Brazilian reality in the capitalist system from the development and underdevelopment theories, from the analysis of the public policies of the Brazilian State for the capital goods and parapetrolifer industry and, finally, proceeded to the empirical analysis of the sector, with the construction of economic indicators that made it possible to capture the transformations studied in the IPP, the main indicators related to employment are employment growth rate, global and discounted turnover rate, growth rate of average remuneration, workers' education index and overall productivity and production. The main indicators related to the productive structure are the growth rate of companies, production density, investment rate, export coefficient, import coefficient and import penetration coefficient. The analysis showed that the policies of the Brazilian State for IPP, although they have presented positive results for the labor market, with the expansion of jobs, income and qualification, did not have any impact on the transformation of the national productive structure, with the specialization of the national parapetroliferous industry in the products with lower added value.
O objetivo dessa dissertação é analisar as políticas do Estado brasileiro no período de 2003 a 2013 para a indústria de bens de capital e os impactos destas políticas no emprego e na estrutura produtiva da indústria parapetrolífera (IPP). Buscou analisar a existência da relação do desenvolvimento econômico do país e o crescimento de sua indústria como resultado das medidas intencionais do governo brasileiro. O método utilizado partiu da análise histórica da realidade brasileira no sistema capitalista a partir das teorias do desenvolvimento e subdesenvolvimento, da análise das políticas públicas do Estado brasileiro para a indústria de bens de capital e parapetrolífera e por fim, procedeu à análise empírica do setor, com a construção de indicadores econômicos que possibilitaram captar as transformações estudadas na IPP, entre os principais indicadores ligados ao emprego são a taxa de crescimento do emprego, taxa de rotatividade global e descontada, taxa de crescimento da remuneração média, o índice de escolaridade dos trabalhadores e produtividade geral e da produção. Dos principais indicadores ligados a estrutura produtiva são a taxa de crescimento das empresas, adensamento produtivo, taxa de investimento, coeficiente de exportação, coeficiente de importação e coeficiente de penetração da importação. A análise mostrou que as políticas do Estado brasileiro para a IPP, embora tenham apresentado resultados positivos para o mercado de trabalho, com a ampliação dos postos de trabalho, da renda e da qualificação, não tiveram impactos na transformação da estrutura produtiva nacional, com a especialização da indústria parapetrolífera nacional nos produtos com menor valor agregado.
Descrição
Citação