Equilíbrio corporal à posturografia estática na Doença de Menière

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2019-02-25
Autores
Silva, Adriana Marques Da [UNIFESP]
Orientadores
Gananca, Heloisa Helena Caovilla Malavasi [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
OBJECTIVE: To evaluate the body balance of patients with Meniere's disease by means of a static posturography. METHOD: An experimental group with 34 patients diagnosed with defined Menière's disease with age ranging from 30 to 60 years and a control group with 34 healthy individuals with ages ranging from 32 to 64 years, homogenous regarding age and sex, were submitted to posturography of the Tetrax Interactive Balance System (Tetrax IBSTM) in eight sensory conditions. The parameters analyzed were: stability index; weight distribution index; synchronization index of right / left postural and toe / heel oscillation; postural oscillation frequency; and fall risk index. RESULTS: The stability index was higher in the experimental group with a significant difference between the groups in all sensory conditions tested. The risk of falls was significantly higher in the experimental group (44,24%) than in the control group (16,35%). The postural oscillation was higher in the experimental group in all frequency bands, with a significant difference in F1 in four sensory conditions; in F2-F4 under all conditions; in F5-F6, in seven; and in F7-F8, in three. The weight distribution index was higher in the experimental group without significant difference between the groups. There was no statistically significant difference between the groups in the synchronizations between heels and toes of each foot, between the two heels and the toes of both feet and between the heels of one foot with the contralateral toes in the eight sensorial conditions evaluated. CONCLUSION: Patients with Menière's disease presented impaired body balance on a static posturography, characterized by changes in stability and postural oscillation and risk of fall.
OBJETIVO: Avaliar o equilíbrio corporal de pacientes com doença de Menière por meio de uma posturografia estática. MÉTODO: Um grupo experimental com 34 pacientes com diagnóstico de doença de Menière definida, com idade variando de 30 a 60 anos, e um grupo controle com 34 indivíduos hígidos com idade variando de 32 a 64 anos, homogêneos quanto à idade e ao sexo, foram submetidos à posturografia do Tetrax Interactive Balance System (Tetrax IBSTM) em oito condições sensoriais. Os parâmetros analisados foram: índice de estabilidade; índice de distribuição de peso; índice de sincronização da oscilação postural direita/esquerda e dedos/calcanhar; frequência de oscilação postural; e índice de risco de queda. RESULTADOS: O índice de estabilidade foi maior no grupo experimental com diferença significante entre os grupos em todas as condições sensoriais testadas. O risco de queda foi significantemente maior no grupo experimental (44,24%) do que no grupo controle (16,35%). A oscilação postural foi maior no grupo experimental em todas as faixas de frequência, com diferença significante em F1 em quatro condições sensoriais; em F2-F4 em todas as condições; em F5-F6, em sete; e, em F7-F8, em três. O índice de distribuição de peso foi maior no grupo experimental, sem diferença significante entre os grupos. Não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos nas sincronizações entre calcanhares e os dedos de cada pé, entre os dois calcanhares e os dedos dos dois pés e entre o calcanhar de um pé com os dedos do pé contralateral nas oito condições sensoriais avaliadas. CONCLUSÃO: Pacientes com doença de Menière apresentam comprometimento do equilíbrio corporal à posturografia estática, caracterizado por alterações na estabilidade e oscilação postural e risco de queda.
Descrição
Citação
SILVA, A. Equilíbrio corporal à posturografia estática na doença de Menière. 2019. 61f. Tese (Doutorado em Distúrbios da Comunicação Humana) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2019. 61f.