Perspectiva da reabilitação pulmonar na América Latina

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2019-05-30
Autores
Barreto, Gabriela Zanussi [UNIFESP]
Orientadores
Jardim, Jose Roberto De Brito [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introduction: Pulmonary rehabilitation is a mandatory component of a comprehensive treatment of patients with chronic respiratory disease. A chapter published in a US book in 2000 showed that there were 28 Rehabilitation Centers in Latin America, being distributed among eight countries. There is current information on the opening of new Centers in the countries previously studied and in new countries. However, there is no officially published data on these Centers. Objective: To identify Latin American Pulmonary Rehabilitation Centers and evaluate their characteristics and organizational aspects. Methods: A cross-sectional study with the Pulmonary Rehabilitation Centers answering by electronic transmission a questionnaire with 20 questions. Results: 217 Pulmonary Rehabilitation Centers were found throughout Latin America and a total of 136 (62.5%) Centers answered the questionnaire. Of these, 66.2% had private administration; 67.6% had an associated program for patients with heart disease; programs lasted 29 [20-36] sessions; the rehabilitation team consisted mainly of physiotherapists, physicians and dietians; 91.2% of the centers evaluated the patients with different questionnaires; 90.4% used treadmill and bicycle for exercises of lower limbs and 80% diagonals with weights to train the upper limbs of their patients; 78% had an educational program and 53% presented a home-based program. Conclusion: There has been a great increase in the number of Latin American Pulmonary Rehabilitation Centers, presenting diversity in organizational aspects.
Introdução: A reabilitação pulmonar está consolidada como parte integrante do tratamento clínico dos pacientes com doença respiratória crônica. Um estudo publicado em 2000 mostrou que 28 Centros de Reabilitação atendiam a população da América Latina, estando localizados em oito países. Atualmente, sabe-se da abertura de novos Centros nos países anteriormente estudados e em novos países. No entanto, não há dados publicados sobre essa nova realidade. Objetivo: Identificar os Centros de Reabilitação Pulmonar da América Latina e avaliar suas características e aspectos organizacionais. Métodos: Estudo de delineamento transversal, no qual os Centros de Reabilitação Pulmonar foram localizados e contatados por mensagem eletrônica e receberam um questionário com 20 questões. Resultados: Foram localizados 217 Centros de Reabilitação Pulmonar na América Latina e um total de 136 (62,5%) Centros responderam ao questionário. Destes, 66,2% são de organizações privadas; 67,6% associam atendimento a pacientes cardiopatas; são prescritas 29 [20–36] sessões no programa; a equipe de reabilitação é composta prevalentemente por fisioterapeutas, médicos e nutricionistas; 91,2% dos centros realizam avaliação por meio de questionários; 90,4% utilizam esteira e bicicleta para treinamento de membros inferiores e 80% usam diagonais com pesos para treinar os membros superiores de seus pacientes; 78% tem programa educacional e 53% programa domiciliar. Conclusão: Houve um aumento significativo no número de Centros Reabilitação Pulmonar da América Latina, com diversidade nos aspectos organizacionais.
Descrição
Citação