Trabalho em equipe na residência multiprofissional: a perspectiva de preceptores do cuidado perinatal

Imagem de Miniatura
Data
2019-11-12
Autores
Tanaka, Cintia Kotomi [UNIFESP]
Orientadores
Batista, Sylvia Helena Souza da Silva [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado profissional
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
INTRODUCTION: The complexity of perinatal care requires the engagement of several health care areas. Multiprofessional Residency in Neonatology is part of a strategy to promote comprehensive care, training of health professionals in priority areas of the Unified Health System - SUS, and continuous education of service team members. Multiprofessional Residency, interdisciplinarity and teamwork were studied to understand the delimited object of this study. OBJECTIVES: The purpose of this research is to understand the view of preceptors regarding teamwork, the difficulties encountered, the potentialities of this type of work, and suggestions for their training in Multiprofessional Residency and perinatal care. METHODOLOGY: The methodology was based on a qualitative and exploratory approach, using questionnaires and focus groups with 31 preceptors, 10 of which also held management positions in the area. The questionnaires collected data to characterize the participants. Focus groups addressed the work of preceptors, Multiprofessional Residency, and teamwork. The data obtained through the focus groups was interpreted as per the analysis of the content in the thematic modality, according to Bardin (2016), Minayo (2013), and Franco (2005). The guiding nucleus of the analysis was threefold: the role of preceptors in the Multiprofessional Residence, motivation, satisfaction and acknowledgment of their work; the contact with the Pedagogical Political Project, the identification of learning objectives in the practice scenario, the development of these objectives, and the concerns for the resident training and graduate profile; teamwork in the Neonatal Unit and the Multiprofessional Residence. RESULTS: The following categories of analysis emerged as a result from the focus groups: teaching as a personal and professional interest concurrent with the imposition from the institution; the need for training for in-service teaching, through institutional support and encouragement for Continuous Education in the health care field; Multiprofessional Residency as a sponsor of team discussions and as a proponent of reflection on teamwork; and the need to value teaching as a professional activity. FINAL CONSIDERATIONS: Through the analysis of difficulties, challenges and suggestions, this study showed that there are issues situated in different dimensions, such as: macro, which includes the institutional policies and the role of RMS, including both the hospital and the partnering IES; meso, which includes the infrastructure and reorganization of work processes in the health care area, with the multiprofessional resident in training, as well as taking an active role, establishing EPS spaces; and micro, which comprises the relationships between teams, between preceptors and residents, and between these actors and the users.
INTRODUÇÃO: A complexidade da assistência perinatal demanda a atuação de diversas áreas da saúde. A Residência Multiprofissional em Neonatologia faz parte de uma estratégia para promover o cuidado integral, a formação dos profissionais da saúde nas áreas prioritárias do Sistema Único de Saúde - SUS e a educação permanente das equipes dos serviços. Com a finalidade de entender o objeto de estudo delimitado, estudou-se a Residência Multiprofissional, a interdisciplinaridade e o trabalho em equipe. OBJETIVOS: A presente pesquisa tem o objetivo de apreender a visão dos preceptores, no que se refere ao trabalho em equipe, às dificuldades encontradas, às potencialidades desse tipo de trabalho e às sugestões para a sua formação na Residência Multiprofissional e no cuidado perinatal. METODOLOGIA: A metodologia ancorou-se na abordagem qualitativa, exploratória e se utilizou de questionários e de grupos focais com 31 preceptores, dentre os quais 10 acumulavam o cargo de gestores de área profissional. Os questionários colheram dados para caracterizar os participantes. Os grupos focais abordaram os temas preceptoria, Residência Multiprofissional e trabalho em equipe. Os dados obtidos nos grupos focais foram interpretados, conforme a análise de conteúdo na modalidade temática de acordo com Bardin (2016), Minayo (2013) e Franco (2005). Os núcleos direcionadores da análise foram três: a inserção do preceptor na Residência Multiprofissional, a sua motivação, a gratificação e o reconhecimento para exercer a preceptoria; o contato com o Projeto Político Pedagógico, a identificação dos objetivos de aprendizagem no cenário de prática, o desenvolvimento desses objetivos, as preocupações e os cuidados com a formação do residente e perfil do egresso; e o trabalho de equipe na Unidade Neonatal e na Residência Multiprofissional. RESULTADOS: Como resultados, as seguintes categorias de análise emergiram dos grupos focais: o ensino como interesse pessoal e profissional concomitante à imposição institucional; a necessidade de formação para o ensino em serviço, mediante o apoio institucional e o estímulo à Educação Permanente em Saúde; a Residência Multiprofissional como fomentadora da retomada da discussão em equipe, como propositora da reflexão do trabalho de equipe; e a necessidade de valorização do ensino como atividade profissional docente. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Por intermédio da análise das dificuldades, dos desafios e das sugestões, esse estudo evidenciou que existem questões que se situam em diferentes dimensões, tais como: a macro, na qual se incluem as políticas institucionais e o lugar da RMS, abrangendo tanto o hospital como a IES parceira; a meso, da qual fazem parte a infraestrutura e a reorganização dos processos de trabalho na área da saúde, incorporando o residente multiprofissional como sujeito ativo e em formação, instituindo espaços de EPS; e a micro, a qual compreende as relações entre as equipes, entre os preceptores e os residentes e entre estes atores e os usuários.
Descrição
Citação
TANAKA, Cintia Kotomi. Trabalho em equipe na residência multiprofissional: a perspectiva de preceptores do cuidado perinatal. 2019. 314f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2019.