Mindfulness adjunto ao tratamento ambulatorial de transtornos por uso de substâncias

Mindfulness adjunto ao tratamento ambulatorial de transtornos por uso de substâncias

Alternative title Mindfulness as an adjunct of outpatient treatment of substance use disorder
Author Machado, Mayra Pires Alves Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Noto, Ana Regina Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Psicobiologia
Abstract Substance use disorder (SUD) is a chronic condition that impacts on several spheres of life of the individual and society, which is accompanied by recurrent episodes of lapses and relapse. The Mindfulness-Based Relapse Prevention (MBRP) protocol is an innovative intervention in the United States with evidence of relapse prevention, but there’s a lack of Brazilian studies specially in treatment settings. The Centers for Psychosocial Alcohol and Drug Attention (CAPS ad) are the main Brazilian public ambulatory care services. Aim: to study the feasibility of the MBRP as a therapeutic intervention as na adjunct to outpatient public treatment for people with SUD, through indicators of acceptance and demand, implementation, integration and expansion. Methods: The objective was investigated through two studies. The first is a mixed method study in 8 CAPS ad in the city of São Paulo. The data were obtained through in-deep interviews, focus groups and field diary, with 140 users, 24 professionals, 7 managers and 4 specialists. Scales and questionnaires were also applied before and after the intervention. The second is a pilot of a randomized pragmatic controlled trial in 2 outpatient clinics linked to a higher education institution, with a 3-month follow-up. The qualitative data were submitted to content analyses, while the quantitative data were submitted to correspondence analysis and generalized linear models. Results: Study 1 indicated good acceptance and satisfaction with reports of benefits related to the promotion of mental health and reduction of reactivity, impacting consumption behavior. It was possible to apply the intervention, but challenges perceived by users indicates the need to adapt the format to an open and rolling group, especially in dealing with more vulnerable populations. Professionals were interested in integrating MBRP into CAPS ad, having demand and adapting to the infrastructure, culture and schedule of services. However, it is necessary to make teacher training more accessible. Study 2 provided evidence of the effectiveness of MBRP for important mental health conditions such as anxiety, depression and aggressive symptoms, but not for consumption behavior. Final considerations: The MBRP presented as a feasible intervention as an adjunct to the outpatient treatment in CAPS ad, but some adaptations are necessary. Future research should investigate changes in protocol format and teacher training, evaluate effectiveness and expansion for other treatment contexts or populations, as well as make cost-benefit analysis for its implementation in the public network.

Os transtornos por uso de substâncias (TUS) é uma condição crônica com impacto em diversas esferas da vida do indivíduo e da sociedade, cujo tratamento é acompanhado de recorrentes episódios de lapsos e recaída. O protocolo de Prevenção de Recaída Baseado em Mindfulness (MBRP) é uma intervenção inovadora nos Estados Unidos com evidências de prevenir recaídas, mas faltam estudos brasileiros principalmente nos contextos de tratamento. Os Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS ad) são os principais serviços públicos brasileiros de atenção ambulatorial. Objetivo: estudar a viabilidade do MBRP como intervenção terapêutica adjunta ao tratamento público ambulatorial para pessoas com TUS, por meio de indicadores de aceitação e demanda, implementação, integração e expansão. Métodos: O objetivo foi investigado por meio de dois estudos. O primeiro trata-se de um estudo com método misto em 8 CAPS ad do município de São Paulo. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas, grupos focais e diário de campo, realizados com 140 usuários, 24 profissionais, 7 gestores e 4 especialistas. Também foram aplicados escalas e questionários antes e após a intervenção. O segundo é um piloto de um ensaio pragmático randomizado controlado em 2 ambulatórios vinculados à uma instituição de ensino superior, com follow-up de 3 meses. Os dados qualitativos passaram por análise de conteúdo, enquanto os quantitativos por análise de correspondência e modelos lineares generalizados. Resultados: O estudo 1 indicou boa aceitação e satisfação com relatos de benefícios relacionados à promoção de saúde mental e redução de reatividade, impactando no comportamento de consumo. Foi possível aplicar a intervenção, mas desafios percebidos pelos usuários apontam para necessidade de adaptar o formato para um aberto e contínuo, especialmente em se tratando de populações mais vulneráveis. Houve interesse dos profissionais de integrar nos CAPS ad, havendo demanda e se adequando à infraestrutura, cultura e cronograma dos serviços. Entretanto, para isso é necessário tornar a capacitação profissional mais acessível. O estudo 2 trouxe evidências da efetividade do MBRP para quadros importantes de saúde mental tais como sintomas de ansiedade, depressão e agressividade, mas não para comportamento de consumo. Considerações finais: O MBRP se apresentou como intervenção viável enquanto adjunta ao tratamento ambulatorial nos CAPS ad, mas algumas adaptações são necessárias. Pesquisas futuras devem investigar mudanças no formato do protocolo e da capacitação profissional, avaliar a efetividade e a expansão para demais contextos de tratamento ou populações, bem como fazer análise de custo-benefício para sua implementação na rede pública.
Keywords Substance use disorders
Midfulness
Outpatients treatment
Transtorno por uso de substâncias
Mindfulness
Tratamento ambulatorial
Dependência química
Language Portuguese
Sponsor Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa (AFIP)
Date 2019-06-27
Published in MACHADO, Mayra Pires Alves. Mindfulness adjunto ao tratamento ambulatorial de transtornos por uso de substâncias. 2019. 128 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo.
Knowledge area Medicina e Sociologia do Abuso de Drogas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 128 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.xhtml?popup=true&id_trabalho=7674177
Access rights Open access Open Access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58755

Show full item record




File

Name: 2019 MACHADO, MAYRA P.A.Doutorado.pdf
Size: 6.513Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account