Efeitos da ingestão aguda de cafeína sobre o perfil inflamatório, metabolismo lipídico e parâmetros psicobiológicos, em resposta ao exercício físico intervalado de alta intensidade

Efeitos da ingestão aguda de cafeína sobre o perfil inflamatório, metabolismo lipídico e parâmetros psicobiológicos, em resposta ao exercício físico intervalado de alta intensidade

Alternative title The effects of caffeine intake on inflammation, lipid metabolism, and psychobiological parameters after high intensity interval training
Author Campos, Raquel Rocha de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Santos, Ronaldo Vagner Thomatieli dos Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Psicobiologia
Abstract Caffeine is one of the most commonly consumed psychoactive substances nowadays, especially by those who exercise on a regular basis. However, with the search for weight loss and performance improvement, high intensity interval training became their new way of practicing exercise. This project aimed to investigate the effects of acute caffeine intake on decaffeinated coffee (6mg/kg/weight in 100 ml of water with 5 g of decaffeinated ground coffee) on pre & post-workout, and in the recovery phase after a 60 min high intensity interval training on immonutrition aspect (interleukin 6,10,and tumor necrosis factor alpha), lipid metabolism (free fatty acids, triglycerides, glycerol and glucose) and psychobiological parameters (state-trait anxiety inventory, brunel, subjective exercise experience scale, visual pain scale and borg scale), which anxiety is also related to a concentration of neurotransmitters such as glutamate and serotonin dosage. The sample consisted of 10 healthy young male and female volunteers randomly assigned to two different conditions: (1) high intensity interval training with placebo and (2) high intensity interval training with caffeine. All variables were analyzed at pre & post-workout, and during recovery for both conditions. The treatment administration followed a randomized, crossover and double-blind design study. The statistical analysis used was performed through general linear model with the appropriate corrections and a significance level of p≤0,05. Caffeine did not altered mood and anxiety, not did it show changes in neurotransmitters after training and recovery phase. Therefore, this study showed that caffeine is indeed capable of slightly weaken inflammatory effects caused by high intensity interval training and also improve the release of fatty acids after exercising. Thus providing a training modality in which caffeine may be an ergogenic and anti-inflammatory feature.

A cafeína é uma das substâncias psicoativas mais consumidas na atualidade, principalmente por praticantes de exercício. Entretanto, a busca pelo emagrecimento e melhora da performance, fazem com que novas formas de treinamento e exercício sejam praticadas por esse público, como por exemplo, o exercício intervalado de alta intensidade. O presente projeto objetivou investigar os efeitos da suplementação aguda de cafeína em café descafeinado (6mg/Kg/peso em 100 ml de água com 5 g de café granulado descafeinado) pré, após e na recuperação de um exercício intervalado de alta intensidade com duração total de 60 minutos sobre aspectos de imunonutrição (Interleucina 6, 10 e fator de necrose tumoral alfa), metabolismo lipídico (Ácidos graxos livres, triglicérides, glicerol e glicose) e parâmetros psicobiológicos (Com as escalas: inventário de ansiedade traço-estado, escala de humor de Brunel, escala subjetiva de experiência em exercício, escala visual de dor e a escala de Borg) dentre essas, a ansiedade também é relacionada com concentração de neurotransmissores como glutamato e serotonina dosados sericamente. A amostra foi composta por 10 voluntários jovens e saudáveis do sexo masculino e feminino, alocados em ordem aleatória a duas diferentes condições: (1) exercício intervalado de alta intensidade mais placebo ou (2) exercício intervalado de alta intensidade mais cafeína. Todos os parâmetros foram analisados nos momentos pré exercício, após e durante a recuperação para ambas as condições. Quanto à administração de tratamento o estudo seguiu um delineamento randomizado, cruzado e duplo-cego. A análise estatística adotada realizada através do modelo linear geral com as devidas correções e o nível de significância de p≤0,05. Verificouse que a cafeína não alterou o humor e a ansiedade, e também não apresentou alterações nos neurotransmissores após o exercício assim como na recuperação. Além de ter apresentado poucos efeitos sobre as variáveis metabólicas e citocinas estudadas. Contudo, o presente projeto concluiu que a cafeína é capaz de atenuar sutilmente efeitos inflamatórios provocados pelo exercício intervalado de alta intensidade e promover uma liberação de ácidos graxos séricos após o exercício, se mostrando portanto, uma modalidade de exercício o qual a cafeína pode ser um recurso ergogênico e anti-inflamatório.
Keywords Caffeine intake
High intensity interval training
Lipid metabolism
Anxiety
Mood
Inflammation
Cafeína
Exercício intervalado de alta intensidade
Metabolismo lipídico
Ansiedade
Humor
Inflamação
Language Portuguese
Sponsor Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa (AFIP)
Date 2019-10-31
Published in CAMPOS, Raquel Rocha de. Efeitos da ingestão aguda de cafeína sobre o perfil inflamatório, metabolismo lipídico e parâmetros psicobiológicos, em resposta ao exercício físico intervalado de alta intensidade. 2019. 67 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo.
Research area Aspectos celulares, moleculares e comportamentais relacionados ao exercício físico.
Knowledge area Bases Celulares e Moleculares do Comportamento
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 67 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=7780010
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58748

Show full item record




File

Name: 2019 CAMPOS, RAQUEL ROCHA DE.Mestrado.pdf
Size: 2.207Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account