Avaliação da capacidade funcional e nível de atividade física na vida diária em mulheres asmáticas e saudáveis  

Avaliação da capacidade funcional e nível de atividade física na vida diária em mulheres asmáticas e saudáveis  

Alternative title Assessment of functional capacity and level of physical activity in daily life in asthmatic and healthy women
Author Silva, Janaina Bandeira da Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Vidotto, Milena Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract Introdução: A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas que cursa com limitação variável do fluxo aéreo expiratório. O exercício físico tem efeitos benéficos no controle da doença, sendo capaz de reduzir a inflamação sistêmica e das vias aéreas. Indivíduos asmáticos podem ter uma menor tolerância ao exercício, devido a diversos fatores, entre eles o grau de obstrução ao fluxo aéreo e a inatividade física. Com isso, é comum que estes indivíduos adotem um estilo de vida sedentário. Objetivos: Comparar a capacidade funcional e as respostas fisiológicas ao exercício além de avaliar o nível de atividade física na vida diária (NAFVD) entre adultos asmáticos e seus congêneres controles. Métodos: Este foi um estudo transversal analítico que avaliou mulheres asmáticas e grupo controle. Os participantes foram submetidos ao protocolo que consistiu em avaliação inicial e antropométrica, espirometria, teste de controle da asma (ACT), questionário de controle da asma (ACQ), avaliação do ISWT e o questionário internacional de atividade física (IPAQ). Para o ISWT foram realizadas duas repetições do protocolo buscando minimizar o efeito aprendizado e a maior distância percorrida nos dois testes foi submetida à análise. Resultados: Foram avaliadas 22 mulheres asmáticas e 22 mulheres saudáveis com idade entre 18 a 40 anos. As variáveis espirométricas analisadas apresentaram valores inferiores para o grupo asmático (GA) quando comparado ao grupo saudável (GS) (p<0,001). A distância percorrida no ISWT foi maior no GS quando comparado ao GA (614±78m e 515±133m, respectivamente; p=0,005). A pontuação obtida no questionário ACQ e a frequência cardíaca final obtida no ISWT apresentaram correlação inversa com os dias de prática de atividade física moderada (IPAQ) (r=-0,453, p=0,068; r=0,530, p=0,029, respectivamente). Conclusão: Nos indivíduos asmáticos avaliados neste estudo, encontramos um nível reduzido de capacidade funcional e associação do baixo NAFVD com pior o nível de controle da asma. Com isso, podemos sugerir a importância de detectar clinicamente uma baixa atividade física habitual em pacientes asmáticos e orientar a prática de atividade física, buscando assim contribuir com um melhor prognóstico e tratamento da doença.

Introduction: Asthma is a chronic inflammatory disease of the airways that runs with variable limitation of expiratory airflow. Physical exercise has beneficial effects on disease control, being able to reduce systemic and airway inflammation. Asthmatic individuals may have a lower tolerance to exercise, due to several factors, including the degree of airflow obstruction and physical inactivity. As a result, it is common for these individuals to adopt a sedentary lifestyle. Objectives: Compare functional capacity and physiological responses during exercise, in addition to assessing the level of physical activity in daily life (NAFVD) among adults with asthma and their counterparts. Methods: This was a cross-sectional analytical study that evaluated women with asthma and a control group. Participants were submitted to a protocol that consisted of initial and anthropometric assessment, spirometry, asthma control test (ACT), asthma control questionnaire (ACQ), ISWT assessment and the international physical activity questionnaire (IPAQ). For ISWT, two repetitions of the protocol were performed in order to minimize the learning effect and the longest distance covered in the two tests was submitted to analysis. Results: 22 asthmatic women and 22 healthy women aged 18 to 40 years were evaluated. The spirometric variables analyzed showed lower values for the asthmatic group (GA) when compared to the healthy group (GS) (p <0.001). The distance covered in ISWT was greater in GS when compared to GA (614 ± 78m and 515 ± 133m, respectively; p = 0.005). The score obtained in the ACQ questionnaire and the final heart rate obtained in the ISWT showed an inverse correlation with the days of moderate physical activity (IPAQ) (r = -0.453, p = 0.068; r = 0.530, p = 0.029, respectively). Conclusion: In the asthmatic individuals evaluated in this study, we found a reduced level of functional capacity and an association of low NAFVD with a worse level of asthma control. Thus, we can suggest the importance of clinically detecting a low habitual physical activity in asthmatic patients and guiding the practice of physical activity, thus seeking to contribute to a better prognosis and treatment of the disease.
Keywords Asma
Exercício físico
Teste de caminhada
Asthma
Physical exercise
Walk test
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2020-10-05
Published in SILVA, Janaina Bandeira da. Avaliação da capacidade funcional e nível de atividade física na vida diária em mulheres asmáticas e saudáveis  . 2020. 47 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Fisioterapia) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2020.
Knowledge area Promoção, prevenção e reabilitação em saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 47 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58722

Show full item record




File

Name: TCC Janaina Bandeira (final).pdf
Size: 1.623Mb
Format: PDF
Description: TCC completo
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account