Vulnerabilidade e Resiliência ao Estresse: Aspectos ontogenéticos das consequências comportamentais, neuroendócrinas e neuroquímicas

Vulnerabilidade e Resiliência ao Estresse: Aspectos ontogenéticos das consequências comportamentais, neuroendócrinas e neuroquímicas

Alternative title Vulnerability and Resilience to Stress: Ontogenetic aspects of the behavioural, neuroendocrine and neurochemical outcomes
Author Suchecki, Deborah Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Psicobiologia
Abstract This Full Professorship thesis portrays a current and frequently present matter in human daily life, Stress. By means of a broad literature overview, I intend to present the biological foundation of the hormonal and behavioural responses to stressful stimuli throughout life span, with an emphasis in my work. The complete, yet unpublished studies are presented and discussed in the present document. The findings show that outcomes of stressful events depend on the stimulus features and on individual characteristics. Therefore, recruitment of the response systems has the purpose of giving support to necessary and appropriate behaviours for a given situation. However, to be perceived as a stressor, the stimulus must be uncontrollable and unpredictable. As for the individual, coping strategies are of utmost importance and may determine, together with one’s previous history, the success or failure to deal with adverse situations, especially when they are prolonged.

Esta tese de Livre Docência aborda um assunto atual e frequentemente presente no cotidiano humano, o Estresse. Por meio de uma revisão aprofundada da literatura pertinente, pretende-se apresentar os aspectos biológicos da resposta hormonal e comportamental a estímulos estressores ao longo da vida, com ênfase em resultados publicados pela candidata. Os estudos completos, porém ainda não publicados estão apresentados e discutidos neste trabalho. Os achados mostram que as consequências de estímulos estressores dependem de características do estímulo e de características do indivíduo. O recrutamento dos sistemas de resposta ao estresse tem a finalidade de dar subsídio para o comportamento necessário em determinada situação. Porém, para que seja classificado como estressor, o estímulo deve ser incontrolável e imprevisível. Quanto às características do indivíduo, as estratégias de enfrentamento são fundamentais e podem determinar, em associação com a história prévia, o sucesso ou fracasso em lidar com situações adversas, especialmente se forem persistentes.
Keywords Hypothalamic-pituitary-adrenal axis
Corticosterone
Maternal deprivation
REM sleep deprivation
Emotional behaviour
Animal models
Language Portuguese
Sponsor Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (CAPES)
Date 2013
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 165 f.
Access rights Open access Open Access
Type Professor's thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58402

Show full item record




File

Name: 2013 SUCHECKI, DEBORAH.Livre-docência.pdf
Size: 6.194Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account