O currículo baseado em competências na residência médica em endoscopia digestiva: uma proposta de formação

Imagem de Miniatura
Data
2018
Autores
Koury Filho, Miguel [UNIFESP]
Orientadores
Gerab, Irani Ferreira da Silva [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introduction: Medical residency is considered the gold standard in the training of medical specialists in the country. Established in Brazil in the 1940s, this latent-sense postgraduate model still presents little guidance in terms of the skills expected from apprentices at the end of their internship. Although we understand the conformation of a curriculum as essential for the better programming and orientation of the formation of professionals, we see few institutions or societies walking in this direction. The training of the endoscopist lacks a curriculum that is guided by expected skills, which can better guide apprentices and instructors. Objectives: To investigate the necessary competences for the formation of an endoscopist doctor in the medical residency, and the elaboration of a training proposal. Methodology: This research was based on the documentary analysis of the documents that govern medical residency in endoscopy in Brazil. Subsequently, semi-structured interviews were conducted with supervisors of Medical Residency Programs in Endoscopy of Rio de Janeiro and São Paulo. After being transcribed, both the documents and the interviews were submitted to thematic analysis after EDA (Exploratory Data Analysis) and data coding. From this analysis the results were categorized and examined in order to group the categories by similarity. Based on the information analyzed, a competency-based curriculum proposal was set up for a Medical Residency Program in Endoscopy. Results and discussion: Within the survey after documentary analysis and analysis of the interviews with the program supervisors, we were able to compile the information that allows to design a proposal of training oriented by competences. This proposed program is a two-year program with a 60-hour workweek, where training takes place gradually. It is based on competency-driven modules, which occur within a supervised service training environment. Within this proposal, the focus of the training are the residents, with their needs and difficulties being taken into account. The temporal module serves as a guide for the proposed formatting, but respecting the individuality of each learner. The theoretical part of the training is based on active methodologies, with a greater participation of the resident in learning to learn, and the evaluation has a formative characteristic, privileging the gradual gain of knowledge and allowing the resident to take advantage of each of the steps performed. Final considerations: This proposal is in line with the international literature, which presently proposes formations guided by goals that represent competencies expected from apprentices during their professional lives. It is understood that the more similar to the professional performance the apprentices’ training is, the better its final result will be.
Introdução: A residência médica é considerada o padrão ouro na formação de médicos especialistas no país. Instituída no Brasil na década de 40, este modelo de pós-graduação lato sensu apresenta ainda nos dias atuais pouca orientação em termos das competências esperadas para os aprendizes ao fim de seu estágio. Apesar de entendermos a conformação de um currículo como essencial para a melhor programação e direcionamento da formação, vemos poucas instituições ou sociedades caminhando neste sentido. Falta à formação do médico endoscopista currículo orientado pelas competências esperadas, que possa melhor nortear aprendizes e instrutores. Objetivos: Investigar as competências necessárias para a formação de um médico endoscopista na residência médica e a elaboração de uma proposta de formação. Metodologia: Essa pesquisa partiu da análise documental dos documentos que regem a residência médica em endoscopia no Brasil. Posteriormente, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com supervisores de Programas de Residência Médica em Endoscopia do Rio de Janeiro e São Paulo. Tanto os documentos quanto as entrevistas após transcritas foram submetidas a análise temática após leitura flutuante e codificação dos dados. A partir desta análise os resultados foram categorizados e examinados, de maneira a agrupar as categorias por similaridade. A partir das informações analisadas, montou-se uma proposta de currículo baseado em competências para um Programa de Residência Médica em Endoscopia . Resultados e Discussão: Dentro do levantado após análise documental e análise das entrevistas com os supervisores de programa, pudemos compilar as informações que permitem desenhar uma proposta de formação orientada por competências. Este é um programa de dois anos de duração, com carga horária de 60 horas semanais, onde a formação ocorre de maneira gradual. Tem como base módulos guiados por competências, as quais ocorrem dentro de um ambiente de treinamento em serviço supervisionado. Dentro da proposta realizada, o foco da formação é o residente, com suas necessidades e dificuldades sendo levadas em conta. O módulo temporal serve como guia para a formatação proposta, mas respeitando a individualidade de cada aprendiz. A parte teórica da formação baseia-se em metodologias ativas, com maior participação do residente no aprender a aprender, e a avaliação tem característica formativa, privilegiando o ganho gradual de conhecimento e permitindo ao residente aproveitar cada uma das etapas realizadas. Considerações finais: Esta proposta vai ao encontro da literatura internacional, que atualmente propõe formações guiadas por metas que representem competências esperadas para o aprendiz quando de sua vida profissional. Entende-se que, quanto mais semelhante à atuação profissional for a formação do aprendiz, melhor será seu resultado final.
Descrição
Citação
KOURY FILHO, Miguel. O currículo baseado em competências na residência médica em endoscopia digestiva: uma proposta de formação. 2018. 122f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde (CEDESS), Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2018.