A construção da usina hidrelétrica de Belo Monte: conflito socioambiental e impacto sobre as comunidades locais

A construção da usina hidrelétrica de Belo Monte: conflito socioambiental e impacto sobre as comunidades locais

Alternative title The construction of the Belo Monte dam: social and environmental conflicts and impacts on local communities
Author Ramos, Andre Marconato Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Alves, Humberto Prates da Fonseca Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ciências Sociais
Abstract This essay examines the political process of construction of the Belo Monte Dam. It uses concepts from Political Process Theory and other branches of Environmental Sociology to describe the construction as a social environmental conflict. In this sense the research expects to offer new elements to the analysis of the actual disputes among the main stakeholders involved in social environmental conflicts, regarding the most adequate developing model for the Amazon region and for the country. In other to achieve the goals mentioned above some methodological procedures were developed. Some of them should be highlighted: a) creation of a historical background and explanation of the essay?s main topics of discussion; b) case study about the construction of the Belo Monte Dam; c) field research with structured and semi structured interviews with different social actors involved in the social environmental conflict; d) analysis of the conflicts between different social actors. The essay concludes with some analyses of the actual political opportunity structure in the social environmental conflict around the construction of the Belo Monte Dam ? favourable to the government and the private investor. At the end of the text there is also a conclusion concerning the way how the federal government and the entrepreneur are using local development and sustainability discourses to strengthen the interpretative framework in favour of the construction. Finally the research presented a subject that relates to all the others: the role of science and the scientist in social environmental conflicts ? to criticize the actual Brazilian energy policy, but not forgetting to think of alternatives models that are viable in economic and social environmental terms.

O objeto de estudo desta dissertação é o processo político de construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte (UHE Belo Monte). A pesquisa utiliza conceitos da Teoria do Processo Político e de outras vertentes da Sociologia Ambiental para caracterizar a construção como um conflito socioambiental. Com isso espera-se contribuir com elementos de novidade e atualidade para a melhor compreensão desse fenômeno social. Em um nível mais amplo espera-se contribuir com o entendimento das disputas atuais entre os principais grupos de interesse envolvidos em conflitos socioambientais sobre o melhor modelo de desenvolvimento para a região amazônica e para o país. Para tratar dos objetivos acima mencionados, alguns procedimentos metodológicos foram desenvolvidos ao longo da pesquisa. Entre eles destacam-se os seguintes: a) elaboração de um panorama histórico e descrição da problemática de estudo, por meio de pesquisa, revisão de bibliografia e de documentos sobre o caso estudado; b) estudo de caso sobre a construção da UHE Belo Monte; c) pesquisa de campo com aplicação e análise de entrevistas estruturadas e semiestruturadas, junto aos diferentes atores sociais envolvidos no conflito socioambiental; e d) análise de conflitos entre os diferentes atores sociais. Ao final da dissertação foram tecidas considerações sobre a atual estrutura de oportunidades políticas do conflito socioambiental ao redor da construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte ? favorável ao governo e ao empreendedor privado. A pesquisa também concluiu que a utilização dos discursos de desenvolvimento local e de sustentabilidade pelo governo federal e pelo empreendedor da Usina Hidrelétrica Belo Monte fortalece ainda mais o enquadramento interpretativo favorável a sua construção. Por fim a pesquisa apresentou um tema transversal a todos os demais: o papel da ciência e do cientista em conflitos socioambientais ? de crítico à atual política energética brasileira, mas sem esquecer sua tarefa de pensar em modelos alternativos ao modelo atual, que sejam viáveis em termos econômicos e socioambientais.
Keywords Belo Monte dam
environmental sociology
social environmental conflict
development
sustainability
usina hidrelétrica de Belo Monte
sociologia ambiental
conflito socioambiental
desenvolvimento
sustentabilidade
Language Portuguese
Sponsor Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Date 2015-09-15
Published in RAMOS, Andre Marconato. A construção da usina hidrelétrica de Belo Monte: conflito socioambiental e impacto sobre as comunidades locais. 2015. 125 f. Dissertação (Mestrado) - Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Guarulhos, 2015.
Research area Sociologia
Knowledge area Ciências humanas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 125 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2774956
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46309

Show full item record




File

Name: ANDRE MARCONATO RAMOS.pdf
Size: 1.065Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account