Defeitos de fechamento do tubo neural: frequência, fatores de risco e morbimortalidade.

Defeitos de fechamento do tubo neural: frequência, fatores de risco e morbimortalidade.

Alternative title Neural tube defects: frequency, risk factors and morbimortality
Author Lima, Fernanda Teresa de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Brunoni, Decio Autor UNIFESP Google Scholar
Graduate program Morfologia e Genética
Abstract Os defeitos de fechamento do tubo neural constituem um grupo de malformacoes reunidas numa mesma categoria, pois a origem embriologica e comum e as caracteristicas epidemiologicas sao semelhantes. Acarretam graves consequencias para seus portadores. O presente trabalho tem por objetivo avaliar as frequencias, os fatores de risco e a morbimortalidade ate o primeiro ano de vida em criancas portadoras de defeitos de fechamento do tubo neural e ainda de verificar a evolucao clinica dos portadores. Os pacientes estudados nasceram no Hospital São Paulo (HSP) da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina, entre julho de 1993 e dezembro de 1997, e no Hospital do Servidor Publico do Estado de São Paulo (HSPE), entre janeiro de 1973 e dezembro de 1997, registrados pelo Estudo Colaborativo Latinoamericano de Malformacoes Congenitas (ECLAMC), atraves de metodologia caso-controle. As fichas do ECLAMC e os prontuarios hospitalares foram revisados e foram utilizados dois controles para cada caso. No HSP, foram observados 63 defeitos de fechamento, sendo 24 anencefalias, l craniorraquisquise, 12 encefaloceles e 26 espinhas bifidas. No HSPE, foram verificados 49 defeitos, sendo 22 anencefalias, l craniorraquisquise, 3 encefaloceles e 23 espinhas bifidas. No HSP, observou-se uma frequencia de 1,16 por cento em 5434 nascimentos (l:86 nascimentos), revelando vies de triagem nesse hospital, e no HSPE, de O,09 por cento em 55891 nascimentos (l: l141), o que esta dentro do esperado para populacoes de baixa frequencia. Os fatores de risco estatisticamente significantes para estas malformacoes foram: no HSP, componente branco entre os antecedentes raciais (37,3 por cento dos afetados x 23,2 por cento dos controles) e sexo feminino (58,7 por cento x 47,9 por cento) e, no HSPE, intercorrencias gestacionais como doencas agudas (48,9 por cento x 15,6 por cento) e uso de medicacao (78,2 por cento x 47,9 por cento). Observou-se que, em relacao aos controles, os portadores de defeitos de fechamento do tubo neural apresentaram maior frequencia dos seguintes indicadores de morbidade: prematuridade (40,0 por cento dos afetados x 17,5 por cento dos controles), apresentacoes anomalas (30,8 por cento x 6,8 por cento) e baixo peso ao nascimento (53,6 por cento x 16,1 por cento), indices de Apgar de primeiro minuto < 7 (68,0 por cento x 22,9 por cento) e de quinto minuto < 5 (32,0 por cento x O,5 por cento), mais...(au)
Keywords Defeitos do tubo neural
Epidemiologia
Fatores de risco
Indicadores de morbimortalidade
Language Portuguese
Date 1999
Published in São Paulo: [s.n.], 1999. 242 p. tab.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 242 p.
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/16413

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account