A apropriação da linguagem dos quadrinhos em novos contextos: uma análise de memes

dc.contributor.advisorRamos, Paulo Eduardo [UNIFESP]
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6622602721067546pt_BR
dc.contributor.authorMazo, Amanda Cristina Siqueira [UNIFESP]
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4042761251980926pt_BR
dc.coverage.spatialUniversidade Federal de São Paulo (Campus Guarulhos)pt_BR
dc.date.accessioned2020-05-27T19:29:57Z
dc.date.available2020-05-27T19:29:57Z
dc.date.issued2019-03-14
dc.description.abstractNa presente dissertação, propomos um estudo sobre produções multimodais presentes na rede social Facebook, as quais apresentam elementos típicos da linguagem das histórias em quadrinhos, com a intenção de estabelecer aproximações e disparidades entre memes e tiras cômicas. Segundo Shifman (2014), os memes da internet são produtos digitais com características comuns de conteúdo, forma e/ou posição criados conscientemente pelos usuários da internet e que circulam em forma de imitações/paródias/transformações através de múltiplos usuários na web. A forma do meme é variável e tem seu próprio processo de mutabilidade, o que implica no uso de elementos de outras linguagens de gêneros prévios em sua composição, como é o caso dos quadrinhos. Temos por objetivos específicos analisar quais recursos dos quadrinhos são mais recorrentes nos memes em questão, além de elencar as principais características dos memes estudados a partir da análise do processo de construção de sentido. Para nossa análise, nos valemos de um corpus composto por produções de páginas do Facebook Conselhos do He-man e Este é alguém, as quais levantam discussão sobre a presença de elementos dos quadrinhos na composição destas, em sincronia com nosso objetivo. Entre nossas principais referências sobre conceituação do que são memes estão, Dawkins (1976), Shifman (2014), Calixto (2017), Castro (2017), Porto (2018, b), Luiz (2013) e Zoppi-Fontana (2018). De quadrinhos, apresentamos conceitos de Cagnin (2014) e de Ramos (2011, 2012, 2015 e 2017) sobre elementos da linguagem da arte sequencial e sobre tiras cômicas e piadas. Além disso, nos valemos de conceitos como gênero, multimodalidade e texto a partir de estudiosos da linguagem como Bakhtin (2003), Kress e van Leeuween (2001), Custódio Filho e Cavalcante (2010), Koch e Travaglia (1993), Koch e Elias (2006) e Marcuschi (2008). Citamos, ainda, estudos sobre a linguagem na internet de Nicolau e Magalhães (2013), Barton e Lee (2015) e Carvalho e Kramer (2013).pt_BR
dc.description.abstractIn this dissertation we propose a study on multimodal texts found on the social network Facebook, which present typical elements of the comics’ language. Our intention is to establish connections and differences between memes and comic strips. According to Shifman (2014), internet memes are digital products with common characteristics in relation to content, form and/or stance, created, transformed and/or imitated by internet users in a conscious way. Their stances are variable and have their own process of change, using elements from other genres already known, as the comics. Our specific objectives are to analyze which elements from the comics are most used on the selected memes and also to find the main characteristics of these memes having in mind their process of making sense to the reader. For our analysis, we have a corpus composed by productions found on the pages Conselhos do He-Man and Este é alguém, both from Facebook, which contain elements of the language of comics. Among our main references about memes, there are concepts from Dawkins (1976), Shifman (2014), Calixto (2017), Castro (2017), Porto (2018, b), Luiz (2013) and ZoppiFontana (2018). Regarding authors that study comics, we take into account concepts from Cagnin (2014) and Ramos (2011, 2012, 2015 and 2017), mainly about the language of comics, comic strips and jokes. Besides that, we mention some concepts about genre, multimodality and text from researchers on linguistics such as Bakhtin (2003), Kress and van Leeuween (2001), Custódio Filho and Cavalcante (2010), Koch and Travaglia (1993), Koch and Elias (2006) e Marcuschi (2008). About internet language, some ideas from Nicolau e Magalhães (2013), Barton and Lee (2015) e Carvalho and Kramer (2013) were added to our study.pt_BR
dc.format.extent121pt_BR
dc.identifier.citationMazo, Amanda Cristina Siqueira A apropriação da linguagem dos quadrinhos em novos contextos: uma análise de memes / Amanda Cristina Siqueira Mazo. – Guarulhos, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53357
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectMemespt_BR
dc.subjectTira cômicapt
dc.subjectIntertextualidadept
dc.titleA apropriação da linguagem dos quadrinhos em novos contextos: uma análise de memespt_BR
dc.title.alternativeThe appropriation of the language of comics in new contexts: an anylisis of memespt_BR
dc.typeDissertação de mestradopt_BR
unifesp.assessoresproreitoriasPró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisapt_BR
unifesp.campusEscola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH)pt_BR
unifesp.departamentoLetraspt_BR
unifesp.graduateProgramLetraspt_BR
unifesp.knowledgeAreaEstudos linguísticospt_BR
unifesp.researchAreaLinguagem em novos contextospt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
DISSERTAÇÃO - AMANDA - VERSÃO FINAL.pdf
Tamanho:
2.93 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Dissertação
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
license.txt
Tamanho:
5.34 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição:
Coleções