Expectativas de aproveitamento da perspectiva Histórico Cultural no âmbito da Educação Inclusiva

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2021-02-16
Autores
Soares, Natália, Amorim
Orientadores
Freitas, Marcos, Cezar
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Esta pesquisa se refere à análise das expectativas de docentes e equipe gestora de uma Unidade Escolar, bem como, de gestoras da Equipe de Educação Inclusiva do município de Santo André / SP, quanto ao trabalho e atuação convergente à perspectiva teórica: Histórico Cultural, com base nos estudos de Lev Vigotski, que foi eleita por essa Rede de Educação como base para uma nova estrutura curricular. A análise das expectativas sobre este escolha teórica interessa especialmente no que diz respeito ao desenvolvimento desse legado crítico no âmbito da Educação Inclusiva, tendo em vista que essa reforma educativa impacte a práxis docente com efeitos específicos neste campo. Desta forma, teve como objetivo geral o levantamento da expectativa de professores e gestores a respeito do potencial de uma perspectiva teórica para a reorganização curricular da educação pública e suas estratégias para educação de crianças com deficiência. Os capítulos que antecedem a metodologia trazem uma retomada da Educação Inclusiva no Brasil e no município em questão, sob uma perspectiva crítica; dialogando com autores internacionais como Elias (2000), e nacionais, como Freitas (2005; 2014; 2017; 2020), para discutir a questão dos lugares sociais e das subjetividades que se apresentam nas práticas escolares. Há ainda, um capítulo voltado à concepção Vigotskiana, no qual é proposto um diálogo entre esta teoria e as práticas, do chão da escola, por vezes, tão cheias de modelos introjetados, voltados para o capacitismo e para a produção. Para a coleta de dados, contou-se com entrevistas qualitativas, em dois grupos de discussões, com as seguintes perguntas: O que você conhece e espera da concepção pedagógica chamada: Histórico – Cultural? Como você acredita que tal base teórica possa contribuir para o processo de aprendizagem dos alunos? Qual sua expectativa quanto à sua atuação nessa perspectiva teórica em relação aos alunos com deficiências? As perguntas foram abertas, estruturantes e disparadoras a fim de proporcionar o aprofundamento da análise. Para melhor interpretação dos dados coletados, eles foram analisados a partir de três categorias, que resultaram na leitura de uma baixa expectativa de efetivação do documento, uma vez que a partir dos diálogos surgidos nos grupos, foi considerado que sua concretização esbarra na realidade da identidade docente, formação inicial e continuada; na questão política administrativa e em relação ao conhecimento acerca da perspectiva, além da percepção e preocupação com o fato da concepção de sujeito enquanto ser biológico ainda se fazer presente e arraigada nos diálogos da rede. Assim, a formação continuada foi analisada como ponto central para efetivação da proposta curricular.
This research refers to the analysis of the teachers from a specific School Unit and their coordination team´s expectations, as well as the expectations of the Inclusive Education Team coordinators from the whole city of Santo André / SP, regarding the work and performance converging to the theoretical perspective: Cultural-Historical, based on the studies of Lev Vigotski, which was chosen by this Local Educational Public System as the basis for a new curricular structure. The analysis of the expectations about this theoretical choice is particularly interesting with regard to the development of this critical legacy within the scope of Inclusive Education, considering this educational reform impacts the teaching practice with specific effects in this field. Thus, the general objective was to survey the expectations of teachers, coordinators and principals regarding the potential of a theoretical perspective for the public education curricular reorganization and its strategies for the education of children with disabilities. The chapters that precede the methodology bring a summary of Inclusive Education in Brazil and in the town this research refers to, from a critical perspective; dialoguing with international authors like Elias (2000), and national ones, like Freitas (2005; 2014; 2017; 2020), to discuss the issue of social sites and the subjectivities existing in school practices. There is also a chapter devoted to the Vigotskian conception, in which a dialogue between this theory and the real school practices, sometimes so full of introjected patterns, focused on capacitism and production, is proposed. For data collection, qualitative interviews have been conducted in two groups with the following questions: What do you know and expect from the pedagogical conception named: Cultural-Historical? How do you believe such theoretical basis can contribute to the students' learning process? What are your expectations regarding your performance in this theoretical approach in relation to students with disabilities? The questions were open, structuring and triggering in order to provide a more in-depth analysis. For a better interpretation of the collected data, they were analyzed from three categories, which resulted in the reading of a low expectation of the document being made effective, since from the dialogues which emerged in the groups, it was considered that its implementation collides with the reality of the teachers´ identity, initial and continuing educational training; in the administrative policy issue and in relation to the knowledge about the perspective, in addition to the perception and concern with the fact that the concept of the subject as a biological being is still present and rooted in this local educational system's dialogues. Therefore, continuing educational training was analyzed as a central point for implementing the curricular proposal.
Descrição
Citação