Transtorno Alimentar, cotidiano e hábito: o papel da Terapia Ocupacional na produção de cuidado

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2022-02-14
Autores
Meira, Ana Paula Gomes [UNIFESP]
Orientadores
Bernardo, Julia Ferreira [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Os transtornos alimentares são patologias graves, de etiologia multifatorial e que causam grande impacto na saúde física e mental. Considerando o significante desdobramento destes transtornos na vida cotidiana, este estudo tem como objetivo compreender as possibilidades de atuação da Terapia Ocupacional na área, através de uma pesquisa qualitativa em duas partes. A primeira, uma busca bibliográfica, revelou um número escasso de produções sobre o tema por terapeutas ocupacionais, levando à necessidade de outra estratégia, as entrevistas em profundidade com terapeutas ocupacionais que têm ou tiveram experiência no cuidado da população acometida por transtornos alimentares, feita através de um roteiro semiestruturado. A amostra foi composta por dois profissionais, e as entrevistas foram examinadas através da análise de conteúdo, identificando a importância do trabalho com transtornos alimentares. Os resultados apontam que o processo de cuidado nos transtornos alimentares é complexo, multiprofissional e conta com o trabalho da terapia ocupacional para lidar com a vida cotidiana, pensando nas atividades de vida diária, lazer, trabalho e adaptação de hábitos para a possibilitar autonomia e uma vida saudável. Retrata-se então, a necessidade de aprimoramento de estudos sobre as possibilidades da terapia ocupacional de forma mais consistente na área pesquisada.
Eating disorders are serious pathologies of multifactorial etiology that have a great impact on physical and mental health. Considering the significant unfolding of these disorders in everyday life, this study aims to understand the possibilities of Occupational Therapy in the area, through qualitative research in two parts. The first, a bibliographic search, revealed a scarce number of productions on the subject by occupational therapists, leading to the need for another strategy, in-depth interviews with occupational therapists who have or had experience in caring for the population affected by eating disorders, made through a semi-structured script. The sample consisted of two professionals, and the interviews were examined through content analysis, identifying the importance of working with eating disorders. The results indicate that the care process in eating disorders is complex, multi-professional and relies on the work of occupational therapy to deal with everyday life, thinking about daily living activities, leisure, work and adaptation of habits to enable autonomy and a healthy life. It is then portrayed the need to improve studies on the possibilities of occupational therapy more consistently in the researched area.
Descrição
Citação
MEIRA, Ana Paula Gomes. Transtorno Alimentar, cotidiano e hábito: o papel da Terapia Ocupacional na produção de cuidado. 2022. 37 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Terapia Ocupacional) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2022.