Estrutura genética populacional e diversidade genética de Isurus oxyrinchus nos oceanos Atlântico e Índico

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2021-02-25
Autores
Parreira, Letícia Malvestio [UNIFESP]
Orientadores
Domingues, Rodrigo Rodrigues [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A classe Chondrichthyes (peixes cartilaginosos), pode ser dividida em duas subclasses: a Holocephali, composta pelas quimeras e a Elasmobranchii, composta por raias e tubarões. O tubarão Isurus oxyrinchus é um predador pelágico de grande porte, que pode ser encontrado tanto em regiões costeiras como oceânicas de todo mundo. Esta espécie é amplamente capturada pelas frotas de espinhel que visam a pesca de atuns e espadartes. Este trabalho teve como propósito analisar a estrutura populacional do tubarão Isurus oxyrinchus ao longo dos Oceanos Atlântico e Índico, em que foram identificados os níveis de diversidade genética a partir de análises da região controle do DNA mitocondrial (D-loop). Os valores obtidos apresentam alta diversidade haplotípica (h= 0,8693 ± 0,0270) e nucleotídica (π= 0,001417 ± 0,0835), respectivamente. A hipótese de panmixia de Isurus oxyrinchus ao longo das regiões amostradas foi rejeitada (ΦST= 0,05197, p= 0,0238), revelando estrutura populacional. A análise ΦST par-a-par após a correção de Holm-Bonferroni revelou uma diferenciação genética matrilinear significativa apenas entre o Oceano Índico (OI) e o Meio Atlântico Equatorial (MAE) (ΦST= 0,2450). Embora nossos resultados revelem uma alta diversidade genética, o atual nível de explotação dessa espécie requer medidas de conservação a longo-prazo. Portanto, nós recomendamos que os planos de gestão pesqueira e conservação seja feito separadamente, levando em consideração as diferentes populações identificadas neste estudo.
The class Chondrichthyes (cartilaginous fish), can be divided into two subclasses: Holocephali, composed of chimeras and Elasmobranchii, composed of rays and sharks. The shark Isurus oxyrinchus is a body-large oceanic and pelagic predator, which can be found in both coastal and oceanic regions worldwide. This shark species is largely caught by longline fisheries that target tuna and swordfish. The objective of this study was to assess the levels of genetic diversity and population genetic structure of the Isurus oxyrinchus in the Atlantic and Indian Oceans based on mitochondrial DNA control region (D-loop). The D-loop sequences presented 24 haplotypes, with overall haplotype and nucleotide diversities of 0,8693 (± 0,0270) 0,001417 (± 0,0835), respectively. The hypothesis of panmixia of I. oxyrinchus in the Atlantic and Indian Oceans was rejected based on ΦST= 0,05197 (p = 0,0238), revealing Population genetic structure. The ΦST pairwise after Holm-Bonferroni correction revealed a matrilineal genetic differentiation between Indian Ocean and Middle Equatorial Atlantic (ΦST= 0,2450). Although our results revealed that I. oxyrinchus has high genetic diversity, the current high level of overexploitation of this shark species, requires long-term management efforts. Therefore, we recommend that fishery management and conservation plans be done separately, taking into account at least two different populations identified in this study.
Descrição
Citação
PARREIRA, Letícia Malvestio. Estrutura genética populacional e diversidade genética de Isurus oxyrinchus nos oceanos Atlântico e Índico. 2021. 23 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar) - Instituto do Mar, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2021.