Efeitos da exposição simultânea ao biocida DCOIT e acidificação marinha sobre o anfípode escavador Tiburonella viscana

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2024-05-28
Autores
Mandelli, Wanessa Gentil [UNIFESP]
Orientadores
Moreira, Lucas Buruaem [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O aumento das concentrações de CO2 (dióxido de carbono) leva a dissociação de íons de hidrogênio, e portanto ao fenômeno de acidificação marinha. De acordo com os cenários projetados pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) a acidificação pode ocasionar uma redução de 0,3 a 0,4 unidades nos valores de pH da superfície do oceano até o final do século. Outro fator que atua na redução da biodiversidade marinha é a introdução de resíduos químicos pelas atividades humanas. Na atividade de navegação, para a prevenção do problema de colonização de estruturas submersas, incluindo cascos de embarcações, por organismos incrustantes, as superfícies são revestidas por tintas especiais a fim de formar um filme para evitar o assentamento de organismos, chamadas tinta anti-incrustantes. Essas tintas agravam a problemática da poluição marinha, uma vez que têm substâncias biocidas na sua formulação. O biocida anti-incrustante DCOIT, é utilizado principalmente pela sua rápida degradação no ambiente marinho, entretanto os resíduos dessa substância já foram encontrados em matrizes ambientais de várias localidades do mundo. O DCOIT apresenta alta hidrofobicidade e lipofilicidade, tendo o sedimento como seu destino final. O objetivo do presente estudo foi determinar, de forma combinada, os efeitos tóxicos do DCOIT em cenários de acidificação marinha utilizando a resposta de biomarcadores do anfípodo escavador Tiburonella viscana como parâmetro de efeitos subletais em exposições de fase sólida. As concentrações crescentes de DCOIT causaram inibição da resposta da GST, AChE e dano em DNA nos pHs 7,7 e 7,4. Para LPO, houve aumento na resposta para o pH intermediário. Este estudo também mostrou evidências da ação oxidativa e genotóxica do DCOIT, e dos mecanismos de desintoxicação e defesa do T. viscana. Espera-se que os resultados gerados por este estudo gerem informações sobre os riscos ecológicos associados a essa substância num cenário de mudanças climáticas e que possam auxiliar no seu monitoramento, gestão e controle.
The increase in CO2 (carbon dioxide) concentrations led to dissociasion of hydrogen ions, and, therefore, to the marine acidification. According to scenarios estimated by the Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) acidification can cause a reduction of 0.3-0.4 units in the pH values of the ocean surface by the end of current century. Another factor acting to reduce biodiversity is the introduction of chemical residues by human activities. In navigation activities, to prevent the problem of colonization of submerged structures, including vessel hulls, by fouling organisms, the surfaces are coated using special paints in order to form a film to prevent the settlement of organisms, called anti-fouling paint. These paints worsen the problem of marine pollution, as they contain biocidal substances in their formulation. Thus, the DCOIT antifouling biocide is used mainly by rapid degradation in the marine environment, however, residues of this substance have already been found in several locations around the world. DCOIT has high hydrophobicity and lipophilicity, and the final destination is the sediment. The objective of the present study is to determine, in a combined way, the toxic effects of DCOIT in marine acidification scenarios using the biomarker response of the burrowing amphipod Tiburonella viscana as a parameter of sublethal effects in solid phase exposures. Increasing concentrations of DCOIT caused inhibition of the GST, AChE response and DNA damage at pHs 7.7 and 7.4. For LPO there was an increase in the response for intermediate pH. Through integrated biomarker analysis, this study also showed evidence of the oxidative and genotoxic action of DCOIT, and the detoxification and defense mechanisms of T. viscana. It is expected that the results generated by this study will generate information about the ecological risks associated with this substance that can help in its monitoring, management and control.
Descrição
Citação
MANDELLI, Wanessa Gentil. Efeitos da exposição simultânea ao biocida DCOIT e acidificação marinha sobre o anfípode escavador Tiburonella viscana. 2024. 66 f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade Marinha e Costeira) - Universidade Federal de São Paulo, Instituto do Mar, Santos, 2024.