Vozes indígenas na UNICAMP: permanência e formação acadêmica na ótica dos estudantes, uma perspectiva crítica das políticas de apoio estudantil

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2024-03-22
Autores
Santos, Vanilda Soares [UNIFESP]
Orientadores
Souza, Edvânia Ângela de [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Este estudo investiga as políticas de ações afirmativas na educação superior, com ênfase para a permanência estudantil de indígenas na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Busca compreender a efetividade dos auxílios ofertados pelo Serviço de Apoio ao Estudante (SAE), órgão que gerencia o programa de permanência estudantil da Unicamp, na perspectiva dos estudantes indígenas, A pesquisa empírica contemplou estudantes indígenas, admitidos no primeiro vestibular indígena da UNICAMP em 2019, adotou uma abordagem qualitativa e exploratória, empregando métodos de análise bibliográfica, documental e de campo. Baseando-se em fundamentos histórico-dialéticos e análise de conteúdo, o estudo focalizou o perfil socioeconômico, cultural e demográfico dos estudantes indígenas, beneficiários dos auxílios de permanência estudantil matriculados em 2019. Também foram realizadas entrevistas em profundidade com oito estudantes indígenas, com vistas a compreender a sua percepção em relação ao programa de permanência estudantil oferecido pela UNICAMP. Os dados revelam que os estudantes enfrentam dificuldades materiais, sociais e acadêmicas. Espera-se que este estudo, possa subsidiar o aprimoramento e a adaptação das políticas vigentes, promovendo, assim, um ambiente acadêmico mais inclusivo e acessível aos estudantes indígenas na UNICAMP e quiçá em outras universidades.
This study investigates affirmative action policies in higher education, with a focus on the student retention of indigenous students at the State University of Campinas (UNICAMP). It seeks to understand the effectiveness of the assistance provided by the Student Support Service (SAE), the department responsible for managing UNICAMP's student retention program, from the perspective of indigenous students. The empirical research included indigenous students admitted through UNICAMP's first indigenous entrance exam in 2018, employing a qualitative and exploratory approach utilizing methods of bibliographical, documentary, and field analysis. Drawing on historical- dialectical foundations and content analysis, the study focused on the socio-economic, cultural, and demographic profile of student aid beneficiaries enrolled in 2019. In-depth interviews were conducted with eight indigenous students to comprehend their perception of UNICAMP's student retention program. Findings reveal that students face material, social, and academic difficulties. It is hoped that this study will inform the improvement and adaptation of current policies, thus promoting a more inclusive and accessible academic environment for indigenous students at UNICAMP and potentially other universities.
Descrição
Citação
SANTOS, Vanilda Soares. Vozes indígenas na UNICAMP: permanência e formação acadêmica na ótica dos estudantes, uma perspectiva crítica das políticas de apoio estudantil. 2024. 217 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social e Políticas Sociais) - Universidade Federal de São Paulo, Instituto de Saúde e Sociedade, Santos, 2024.