Competências comuns em saúde do trabalhador: validação qualitativa crítica de uma proposta de especialização

dc.contributor.advisorCarnut, Leonardo [UNIFESP]
dc.contributor.advisor-coGuerra, Lúcia Dias da Silva
dc.contributor.advisor-coLatteshttp://lattes.cnpq.br/8624417896750887
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2575803021196614
dc.contributor.authorAgripino, Nathalie Alves [UNIFESP]
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5842947310667833
dc.coverage.spatialSão Paulo
dc.date.accessioned2024-04-04T17:13:53Z
dc.date.available2024-04-04T17:13:53Z
dc.date.issued2024-03-04
dc.description.abstractIntrodução: As transformações no mundo do trabalho e na vida, nas últimas décadas, têm deixado lacunas na preparação dos(as) profissionais da saúde para o desenvolvimento de ações voltadas à Atenção Integral à Saúde da população trabalhadora de forma qualificada. Objetivo: Analisar as competências comuns das profissões da saúde em Saúde do Trabalhador para a estruturação de uma proposta de Especialização Lato sensu. Método: Realizou-se uma pesquisa quali-quantitativa em quatro etapas. Na primeira etapa foi realizado um estudo descritivo das especializações em Saúde do Trabalhador (ST) e em áreas correlatas no Brasil. Na segunda etapa foi desenvolvida uma metassíntese qualitativa dos estudos sobre as competências comuns na área da Saúde do Trabalhador. Na terceira etapa, realizou-se uma pesquisa documental e análise de conteúdo das matrizes curriculares, referente à lista de cursos de especializações em ST ativos (com e sem egressos) identificadas na primeira etapa da pesquisa. Na quarta etapa, desenvolveu-se a validação qualitativa por especialistas da proposta de pós-graduação lato sensu em Saúde do Trabalhador criada a partir das informações analisadas nas etapas anteriores. Resultados: No estudo descritivo, percebeu-se que, estão cadastradas e ativas no sistema do Ministério da Educação, cerca de 107 cursos de pós-graduação lato sensu em saúde do trabalhador, sendo apenas 4 cursos promovidos por instituições de ensino públicas. Do total de cursos, apenas 39% tiveram ao menos um egresso no sistema, com apenas 5% de egressos em relação ao número de vagas ofertadas. Na metassíntese qualitativa cinco dimensões de análises foram identificadas: ‘sobre os conhecimentos’; ‘sobre as habilidades’; ‘sobre as atitudes’; ‘as conclusões dos estudos revisados’ e a ‘articulação das competências comuns para a definição de dimensões de conhecimentos e práticas em saúde do trabalhador’. A maior parte da literatura metassintetizada trata das habilidades em detrimento das atitudes e dos conhecimentos. Na análise de conteúdo das matrizes curriculares dos cursos de especialização em ST identificados viu-se que, apesar de se chamarem ‘Saúde do Trabalhador’, persiste uma apresentação de conteúdos mais alinhada à ‘Saúde Ocupacional’. Na fase final de validação da proposta de Projeto Político-Pedagógico (PPP) de um curso de especialização em saúde do trabalhador, os especialistas chegaram à conclusão de que as principais modificações que precisaram ser feitas foram nos ‘pressupostos teórico-metodológicos’ e na ‘organização pedagógica do curso’. Conclusões: Apesar das competências existentes sobre ST apresentar vazios substanciais relacionados ao tema (tanto nos cursos existentes analisados como na literatura internacional metassintetizada) fazendo com que o processo de formação profissional permaneça insuficiente, os dados encontrados podem ser usados para pensar mais além das áreas da Saúde Ocupacional e da Medicina do Trabalho, na tentativa de construir um campo da produção das competências comuns em ST. Produto Educacional: Ao fim, a proposta de PPP criada pelos dados anteriormente compilados, o processo de validação de conteúdo entre pares para produtos educacionais demonstrou-se essencial para repensar a formação evitandos os “conteudismos” (própria de uma tendência de supervalorização política de seus fazer específico de cada sujeito) sem perder a essencialidade de conteúdos que traduzem melhor o que é comum das competências necessárias em saúde do trabalhador para todos os trabalhadores de saúde do SUS.pt_BR
dc.emailadvisor.customleonardo.carnut@unifesp.br
dc.format.extent266 f.
dc.identifier.citationAGRIPINO, Nathalie Alves. Competências comuns em saúde do trabalhador: validação qualitativa crítica de uma proposta de especialização. 2024. 266 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo, 2024.pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/11600/70955
dc.languagepor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectEducação baseada em competênciaspt_BR
dc.subjectCompetência profissionalpt_BR
dc.subjectSaúde do trabalhadorpt_BR
dc.titleCompetências comuns em saúde do trabalhador: validação qualitativa crítica de uma proposta de especializaçãopt_BR
dc.title.alternativeCommon competencies in worker's health: critical qualitative validation of a specialization proposalen
dc.typeDissertação de mestrado profissional
unifesp.campusEscola Paulista de Enfermagem (EPE)
unifesp.graduateProgramEnsino em Ciências da Saúde
unifesp.knowledgeAreaEnsino em saúde
unifesp.researchAreaAvaliação, currículo, docência e formação em saúde
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 2 de 2
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Dissertação - COMPETÊNCIAS COMUNS EM SAÚDE DO TRABALHADOR.pdf
Tamanho:
2.39 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Linha de Pesquisa: Avaliação, currículo, docência e formação em saúde. Orientador: Prof. Dr. Leonardo Carnut. Coorientadora: Profa. Dra. Lúcia Dias da Silva Guerra.
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Produto Educacional_NAA2024.pdf
Tamanho:
973.2 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
license.txt
Tamanho:
5.55 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição: