Tempo e predicação: dois modos de participação no "Parmênides" de Platão

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2023-05-02
Autores
Sousa Neto, Otacilio Luciano de [UNIFESP]
Orientadores
MARSOLSA, Mauricio Pagotto [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Esta tese reivindica, a partir dos passos 155e-165a do Parmênides de Platão, uma distinção conceitual de dois modos de compreender a participação em Platão. Estes modos se vinculam a dois termos distintos, a saber: μετέχειν e μεταλαμβάνειν. Μετέχειν designa um tipo de participação na qual o ente é àquilo que é, por natureza, por participar na Forma e a não ocorrência de tal participação acarreta a inexistência do ente. Μεταλαμβάνειν, por outro lado, designa propriedades adicionais à natureza do ente em relações temporais que podem iniciar e cessar sem que a natureza do participante seja alterada. Para que a fundamentação destes dois modos de participação seja conquistada a tese se faz em dois momentos: o primeiro deles é constatar que a distinção ocorre em Platão como se descreve no Parmênides em 155e-156a e em outros momentos da escritura platônica – como no Fédon 101c, 102d-103a, 103b-e, 104a-b e 104e-105; o segundo momento consiste em estabelecer as bases ontológicas para as distinções predicativas que ocorrem a partir dos dois sentidos de participação. Para tal propósito a tese tem para si os passos 255a-e do Sofista em anunciação aos gêneros supremos Mesmo e Outro de modo a reconhecer que os modos de predicação μετέχειν e μεταλαμβάνειν são fundamentados em razão dos gêneros, respectivamente. Por fim, a tese constata que as aporias da participação presentes no Parmênides 130a-131c não são letais à teoria da participação e à teoria das Formas tendo em vista a distinção conceitual engendrada e as bases ontológicas estabelecidas.
Descrição
Citação
Coleções