Software de análise quantitativa de taxa de clareamento das telangiectasias no tratamento da insuficiência venosa crônica superficial

Imagem de Miniatura
Data
2023-05-11
Autores
Zanoni, Marcelo Eckert [UNIFESP]
Orientadores
Garcia, Elvio Bueno [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado profissional
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: O tratamento da insuficiência venosa superficial (telangiectasias) requer um planejamento minucioso para eleger um método térmico ou químico, quantificar dosagem de medicações, potência e energia a ser dispensada para aferir a eficácia das terapias. Entretanto, as análises dos resultados são realizadas por meio de comparação visual. Tais análises são imprecisas e subjetivas, tornando-se necessário uma ferramenta de análise mais precisa e com maior acurácia. Objetivo: Desenvolver um software para análise quantitativa da taxa de clareamento das telangiectasias nos tratamentos da insuficiência venosa crônica superficial. Método: O estudo seguiu a metodologia Design Thinking, com as fases: Descobrir – Foram realizadas busca de anterioridade no INPI e busca por apps no App Store, Google Store e Play Store; busca na literatura médica no MEDLINE, Cochrane, LILLACS e SCieLO;. Definir – Foram definidas as características necessárias ao software em sessões de brainstorming e com equipe da ciência da computação. Desenvolver – Para desenvolver o software foi utilizada linguagem de programação Pyton e a biblioteca scikit-image para a manipulação de imagens. Foram coletadas 26 imagens de telangiectasias geradas por fotografia digital do antes e depois do tratamento por escleroterapia instituída. As imagens foram tratadas e uniformizadas pelo software em algoritmos que seguiram quatro fases: identificação da lesão, padronização da imagem, segmentação da região afetada, e quantificação do conteúdo cromático no espaço de cores CIELAB comparando a evolução a partir das imagens pré e pós- tratamento. Entregar – Foi produzido o software. Resultados: O software desenvolvido compara a luminosidade entre duas imagens (pré e pós) e quantifica a taxa de clareamento das lesões telangiectásicas. Conclusão: Foi desenvolvido o software para a avaliação quantitativa do clareamento das telangiectasias no pós- tratamento da insuficiência venosa superficial.
Descrição
Citação