Design Ativista: Um olhar da história da arte

Imagem de Miniatura
Data
2023-01-24
Autores
Garotti, Josiane Vieira [UNIFESP]
Orientadores
Brandão, Angela [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O movimento Design Ativista é um coletivo que reúne designers e artistas digitais de todo Brasil e surgiu como uma reação sociopolítica de quem "não aguenta mais" a situação no Brasil em 2018, ano de eleição presidencial e grande avanço das fake news no país. O movimento de cunho ideológico surge como uma forma de utilizar os conhecimentos gráficos e de produtos digitais de designers de todo o país para conscientizar politicamente o público consumidor das redes sociais, mais precisamente, o Instagram. Esse texto tem como base pesquisas bibliográficas para um olhar histórico e artístico sobre o uso do design como ferramenta social e política em direção ao movimento Design Ativista no Brasil. Tem como objetivo trazer à tona a importância do papel social do designer, sua influência política e o uso do design como forma de impacto social, à contrapelo da busca por lucros dentro do sistema empresarial e capitalista mundial, como foi comumente compreendido. Com a alta circulação das imagens no mundo atual decorrente das redes sociais, pretendo discorrer sobre o impacto dessas imagens, produzidas e compartilhadas pelo movimento, como sociedade e como indivíduos. Este trabalho também contempla o uso de metodologias e conhecimentos de design incluídos sob o contexto e o olhar da história da arte, inserindo o design e a produção digital e cartazes de cunho ideológico no âmbito teórico-metodológico da história da arte contemporânea, partindo também da historiografia sobre o uso do design em momentos de guerras culturais, políticas e sociais.
The Design Activist movement is a collective that brings together designers and digital artists from all over Brazil and emerged as a sociopolitical reaction of those who "can't take it anymore" the situation in Brazil in 2018, the year of the presidential election and a great advance of fake news in the country. The ideological movement emerged as a way to use the graphic and digital product knowledge of designers across the country to raise political awareness among consumers of social networks, more precisely, Instagram. This text is based on bibliographic research for a historical and artistic look at the use of design as a social and political tool towards the Design Activist movement in Brazil. It aims to bring out the importance of the social role of the designer, his political influence and the use of design as a form of social impact against the grain of the search for profits within the world business and capitalist system, as it was commonly understood. With the high circulation of images in the current world recurrent in social networks, I intend to discuss the impact of these images, produced and shared by the movement, as a society and as individuals. ​​This work also contemplates the use of design methodologies and knowledge included the context and view of the art history, inserting design and digital production and posters of an ideological nature in the theoretical-methodological scope of the history of contemporary art, also starting from the historiography about the use of design in times of cultural, political and social wars.
Descrição
Citação