Estruturação e planejamento do desenvolvimento de um substituto de humor vítreo, a partir de matrizes poliméricas

Estruturação e planejamento do desenvolvimento de um substituto de humor vítreo, a partir de matrizes poliméricas

Alternative title Structuring and planning the development of a vitreous humor substitute, based on polymeric matrices
Author Bachiega, Helder Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Bersanetti, Patrícia Alessandra Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Abstract O campo dos biomateriais engloba o estudo biológico e físico-químico de materiais e suas interações, quando aplicados em sistemas biológicos. Os biomateriais podem ser sintéticos, como ácido polivinílico ou naturais, como colágeno, alginato, celulose, etc. No campo da Oftalmologia, alguns biomateriais na forma de hidrogéis aparecem como possíveis substitutos do humor vítreo, desde que apresentem propriedades físico-químicas semelhantes ao vítreo, sejam atóxicos e não provoquem problemas oculares, como no caso de materiais, como o óleo de silicone. Alguns hidrogéis sintetizados, a partir da matrizes como o PVA reticulado com trimetafosfato de sódio (STMP) apresentam algumas propriedades, como: densidade, viscosidade e índice de refração, compatíveis com o humor vítreo. No entanto, estudos de aplicação in vivo em coelhos mostraram alguns inconvenientes, como opacidade do material e formação de grânulos, visualizados por análise histológica. Deste modo, neste trabalho foi realizado o planejamento experimental por DOE para desenvolvimento de um substituto vítreo, a partir de matrizes poliméricas naturais de alginato de sódio e metilcelulose, reticuladas com ácido cítrico ou trimetafosfato de sódio. As variáveis de entrada a serem avaliadas foram: concentração da matriz, concentração do reticulante e pH, gerando através do planejamento fatorial composto central, 16 condições experimentais específicas para obtenção dos materiais, que será realizada sob agitação por 2 h a temperatura ambiente. A faixa de concentração de matriz polimérica será de 0,025 a 1,95%; da relação m/m de reticulante (1 g matriz / X g de reticulante) de 0,95 a 11,05 e o valor de pH de síntese de 3,3 a 11,7. A variável de saída para otimização da melhor condição experimental será a viscosidade dos hidrogéis, as quais serão avaliadas em velocidades rotacionais correspondentes a torques de 10 a 99%. Após o processamento desses resultados pelo programa Statistica, será definida a melhor condição de síntese para obtenção dos hidrogéis de alginato e metilcelulose reticulados. Posteriormente, esses materiais serão sintetizados em triplicata nas condições otimizadas e submetidos à caracterização térmica, reológica, etc. Assim, estes experimentos auxiliarão na obtenção de hidrogéis, visando o desenvolvimento de um substituto vítreo, os quais serão testados in vivo.
Keywords Hidrogéis
Planejamento de Experimentos
Polímeros
Reticulação
Substituto vítreo
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage São Paulo
Language Portuguese
Date 2021-02-25
Published in BACHIEGA, Helder Luiz. Estruturação e planejamento do desenvolvimento de um substituto de humor vítreo, a partir de matrizes poliméricas. São Paulo, 2021. 43 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia Oftálmica) - Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2021.
Research area Substituto do humor vítreo
Knowledge area Ciências visuais
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 43 p.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/60818

Show full item record




File

Name: TP_2021_Helder_Luiz _Bachiega.pdf
Size: 3.279Mb
Format: PDF
Description: Trabalho de Conclusão do Curso 2021
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account