Produção e caracterização de hidrogéis de dextrana/biovidro para engenharia tecidual de ossos

Produção e caracterização de hidrogéis de dextrana/biovidro para engenharia tecidual de ossos

Alternative title Production and characterization of dextran/bioglass hydrogels for bone tissue engineering
Author Nogueira, Iury Araújo Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Lemes, Ana Paula Autor UNIFESP Google Scholar
Graduate program Não se aplica
Abstract The use of hydrogels in the area of tissue engineering has been gaining more space because these materials have characteristics that resemble the extracellular matrix of the human body. A hydrophilic biopolymer that has been studied for the manufacture of hydrogels is dextran, a polysaccharide of bacterial origin. Dextran hydrogels have high biocompatibility, flexibility and great ability to absorb and retain water or biological fluids in their three - dimensional network formed after their crosslinking. Despite these properties, the dextran hydrogels demonstrate low mechanical properties and great ease of deformation, which limits the application of these materials in the tissue engineering of bones. To overcome these problems, an alternative is the addition of bioglass particles to these hydrogels. Bioglasses are ceramic materials that exhibit high biocompatibility and ability to osteoconduction, giving this material great ability to bind to hard tissues. The objective of this work was to prepare dextran hydrogels using the crosslinking agent N, N'- methylenebisacrylamide, with the addition of different bioglass 45S5 contents, besides characterize them and to analyze the influence of bioglass 45S5 particles on morphological, mechanical and swelling properties of dextran hydrogels. The hydrogels prepared with different bioglass 45S5 contents were characterized by scanning electron microscopy, mechanical, swelling and porosimetry assays. The addition of bioglass 45S5 particles was able to affect all analyzed properties of hydrogels, and for the 4% (m/m) content this influence was of low relevance. For 8% (m/m) and 12% (m/m) contents, it was possible to observe a more significant influence, and the hydrogels with these contents showed higher mechanical properties, also presenting higher swelling kinetics but with a lower degree of stabilization when compared to the standard hydrogel. The porosity of the hydrogels showed a decreasing behavior as the bioglass 45S5 particle content increased. The pore size obtained for all hydrogels is within the range of 100 - 300 μm, considered ideal for use as scaffolds.

A utilização de hidrogéis na área da engenharia tecidual vem ganhando cada vez mais espaço pois estes materiais apresentam características que os assemelham a matriz extracelular. Um biopolímero hidrofílico que vem sendo estudado para a fabricação de hidrogéis é a dextrana, um polissacarídeo de origem bacteriana. Os hidrogéis de dextrana apresentam alta biocompatibilidade, flexibilidade e grande capacidade de absorver e reter água ou fluidos biológicos na sua rede tridimensional formada após sua reticulação. Apesar destas propriedades, os hidrogéis de dextrana demonstram baixas propriedades mecânicas e grande facilidade de deformação, o que limita a aplicação destes materiais na engenharia tecidual de ossos. Para contornar estes problemas, uma alternativa é a adição de partículas de biovidro a estes hidrogéis. Os biovidros são materiais cerâmicos que apresentam alta biocompatibilidade e capacidade de osteocondução, conferindo a este material grande capacidade de se ligar a tecidos duros. O trabalho teve como objetivo preparar os hidrogéis de dextrana utilizando o agente reticulante N, N’ – metilenobisacrilamida com a adição de diferentes teores de biovidro 45S5, além de caracterizá-los e realizar a análise da influência das partículas de biovidro 45S5 nas propriedades morfológicas, mecânicas e de intumescimento dos hidrogéis de dextrana. Os hidrogéis preparados com diferentes teores de biovidro 45S5 foram caracterizados através de microscopia eletrônica de varredura, ensaios mecânicos, de intumescimento e de porosimetria. A adição das partículas de biovidro 45S5 foi capaz de afetar todas as propriedades analisadas dos hidrogéis, sendo que para o teor de 4% (m/m) esta influência foi de baixa relevância. Para teores de 8% (m/m) e 12% (m/m) foi possível observar influência mais significativa, sendo que os hidrogéis com estes teores exibiram propriedades mecânicas mais elevadas, apresentando também cinética de intumescimento maior porém com estabilização em um menor grau quando comparados ao hidrogel padrão. Já a porosidade dos hidrogéis apresentou comportamento decrescente de acordo com o aumento do teor de partículas de biovidro 45S5. O tamanho de poros obtidos para todos o hidrogéis estão dentro da faixa de 100 – 300 μm, considerada ideal para a utilização como scaffolds.
Keywords Dextrana
Hidrogel
Biovidro 45S5
Engenharia tecidual óssea
Biomaterial
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage Universidade Federal de São Paulo - Campus São José dos Campus - Unidade Talim - Anexo
Language Portuguese
Sponsor Não recebi financiamento
Date 2019-11-22
Published in Nogueira, Iury Araújo. Produção e caracterização de hidrogéis de dextrana/biovidro para engenharia tecidual de ossos. Trabalho de conclusão de curso (graduação em Engenharia de Materiais) – Universidade Federal de São Paulo, Instituto de Ciência e Tecnologia, 2019.
Research area Biomateriais
Knowledge area Outra
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Extent 58 f.
Access rights Closed access
Type Trabalho de conclusão de curso de graduação
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/60784

Show full item record




File

Name: TCC - Iury Araújo Nogueira.pdf
Size: 3.042Mb
Format: PDF
Description: Trabalho de conclusão de curso
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account