Adesão e barreiras à terapêutica medicamentosa: relação com o risco de queda em idosos

dc.citation.issuee20200552pt_BR
dc.citation.volume31pt_BR
dc.contributor.authorSoares, Cristiane Regina [UNIFESP]
dc.contributor.authorFukujima, Marcia Maiumi [UNIFESP]
dc.contributor.authorCosta, Paula Cristina Pereira [UNIFESP]
dc.contributor.authorNeves, Vanessa Ribeiro [UNIFESP]
dc.contributor.authorRosa, Anderson da Silva [UNIFESP]
dc.contributor.authorOkuno, Meiry Fernanda Pinto [UNIFESP]
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0898650941400567pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6262584622509702
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5313609151724306
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7132941543481307
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0916786723350340
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6910164256304562
dc.coverage.spatialFlorianópolis - SCpt_BR
dc.date.accessioned2022-03-15T10:49:54Z
dc.date.available2022-03-15T10:49:54Z
dc.date.issued2022-02
dc.description.abstractObjetivo: verificar a associação da adesão e das barreiras à terapêutica medicamentosa com o risco de quedas e as variáveis sociodemográficas, clínicas e econômicas. Método: estudo transversal, realizado com 117 idosos em um Ambulatório Médico de Especialidades do Idoso na Região Sudeste de cidade de São Paulo (SP), no período de março a novembro de 2019. Foram aplicadas as escalas: Risco de Queda de Downton, teste de Morisky-Green e Brief Medication Questionnaire. Para verificar a associação entre a adesão ao tratamento e tipos de barreiras a essa adesão e o risco de quedas, foi utilizada a regressão logística. Foi utilizado um nível de significância de 5%. Resultados: os idosos com baixa adesão ao tratamento medicamentoso apresentaram chance de 5,57 vezes de ter alto risco de queda em relação aos idosos com maior adesão, e aqueles com barreira no domínio recordação apresentaram chance de 22,75 vezes de ter alto risco de queda, em relação aos idosos sem barreira no domínio recordação. Conclusão: a baixa e média adesão à terapêutica medicamentosa e a barreira relacionada ao domínio recordação se associaram a alto risco de queda nos idosos.pt_BR
dc.format.extente20200552pt_BR
dc.identifierhttps://www.scielo.br/j/tce/a/JwfjB6WMw6T8z96RB77Qpyn/?lang=ptpt_BR
dc.identifier.doihttps://doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2020-0552pt_BR
dc.identifier.issn1980-265Xpt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/11600/63536
dc.languageporpt_BR
dc.publisherTexto & Contexto Enfermagempt_BR
dc.relation.ispartofTexto contexto - enferm.pt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectAcidentes por quedaspt_BR
dc.subjectAdesão a medicaçãopt_BR
dc.subjectIdosopt_BR
dc.subjectBarreiras ao acesso aos cuidados de saúdept_BR
dc.subjectCooperação e adesão ao tratamentopt_BR
dc.titleAdesão e barreiras à terapêutica medicamentosa: relação com o risco de queda em idosospt_BR
dc.title.alternativeAdherence and barriers to drug therapy: relationship with the risk of falls in older adultsen
dc.typeArtigopt_BR
unifesp.campusEscola Paulista de Enfermagem (EPE)pt_BR
unifesp.graduateProgramEnfermagempt_BR
unifesp.knowledgeAreaEnfermagem, Cuidado e Saúdept_BR
unifesp.researchAreaCuidado em Enfermagem e Saúde Coletivapt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
artigo.pdf
Tamanho:
341 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
license.txt
Tamanho:
5.71 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição:
Coleções