Avaliacao do perfil dos pacientes e do tempo de espera no banco de olhos do hospital do servidor publico de São Paulo

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2003
Autores
Moreira, Karla Campana [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivo: Tracar o perfil dos pacientes submetidos a ceratoplastia penetrante (CP) nol banco de olhos do Hospital do Servidor Publico Estadual de São Paulo e avaliar, considerando o ano de inscricao e a patologia indicada, o tempo de espera parai realizacao da CP. Metodos: Estudo retrospectivo de fichas de pacientes inscritos nol banco de olhos do HSPE-SP no periodo de janeiro de 1996 a dezembro de 1999 e que) realizaram CP. Esse estudo considerou o sexo, a idade, o ano de inscricao, a patologia) indicada e o tempo de espera para a realizacao da cirurgia. Resultados: Foram, inscritos 257 pacientes durante esse periodo e desses 154 (59,52 por cento) foram operados. O sexo feminino representou 64,93 por cento e a idade media foi de 55,63 anos com 38,2 por cento estando acima de 65 anos. As principais indicacoes para CP foram: ceratocone-52I casos (33,76 por cento), ceratopatia bolhosa-34 casos (22,10 por cento), falencia ou rejeicao pos CP23 casos (14,93 por cento), leucoma-20 casos (12,98 por cento) e distrofia de Fuchs-12 casos (7,79 por cento). O tempo de espera para CP aumentou de 4,5 meses em 1996 para 10,8 meses em 1997, 8,7 meses em 1998 e 7,5 meses em 1999 coincidindo com a lei federal 9434 de 1997 que tinha como objetivo aumentar o numero de doacoes. Conclusoes: O aumento do tempo de espera demonstrado pelo estudo pode ter sido um efeito) paradoxal da lei federal, o que nos leva a crer que programas de esclarecimento a populacao em relacao a importancia e a confiabilidade da doacao de orgaos devem ser instituidos para uma maior aceitacao das modificacoes necessarias para o crescimento nesse setor
Descrição
Citação
São Paulo: [s.n.], 2003. 14 p.
Coleções