O acolhimento para refugiados ucranianos e sírios no Brasil e na União Europeia: contradições, violações e diferentes paradigmas de acolhida humanitária

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2023-01-12
Autores
Humphreys, Julia Miranda [UNIFESP]
Orientadores
Amorim, João Alberto [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
As crises de refugiados ucranianos e sírios representam um marco na trajetória do Direito Internacional dos Refugiados. Afinal, elas não só resultaram na mobilidade forçada de milhões de pessoas, sensibilizando diversos Estados e outros atores no sentido do acolhimento justo e efetivo, como também ocorreram no ápice da era da globalização e internacionalização dos direitos humanos. A partir desse contexto, o objetivo deste artigo é compreender tendências no acolhimento e atuação do Brasil e da União Europeia perante as crises de refugiados sírios e ucranianos, ao discorrer sobre suas diferenças, contradições e violações, sem deixar de reconhecer as boas práticas. Através da descrição das respostas e normas de acolhimento brasileiras e europeias, este trabalho analisa criticamente como se deu a gestão das maiores crises de refugiados da última década dentro do Brasil e da União Europeia e o que isso revela sobre seus paradigmas de acolhida humanitária.
Descrição
Citação
HUMPHREYS, Julia Miranda. O acolhimento para refugiados ucranianos e sírios no Brasil e na União Europeia: contradições, violações e diferentes paradigmas de acolhida humanitária. 2023. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Relações Internacionais) - Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Política, Economia e Negócios, Osasco, 2023.