Mulheres de cinema brasileiro: as cineastas Maria Clara Escobar, Petra Costa e Sandra Werneck, e as questões políticas e sociais que as circundam

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2021-08-20
Autores
Rolo, Jaqueline Andreto F. [UNIFESP]
Orientadores
Ferreira, Carolin Overhoff [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Este trabalho tem por finalidade discutir mulheres cineastas contemporâneas brasileiras, que abordam em seus filmes questões políticas, nomeadamente a ditadura militar, o sexismo e ameaças à redemocratização atuais. Além de dissertar sobre os contextos sociopolíticos em questão, serão realizadas análises de três documentários contemporâneos: Os Dias com Ele de Maria Clara Escobar (2014), Democracia em vertigem de Petra Costa (2019) e Mexeu com uma mexeu com todas de Sandra Werneck (2017). Estes filmes abordam questões políticas, tanto de uma dimensão política (do poder do estado) como do privado (a questão das mulheres e sua opressão pelo sistema patriarcal), apresentando diversas questões relacionadas ao feminino tais como: memória da ditadura, golpes políticos recentes (impeachment) e sexismo. As diretoras usam a câmera como um meio de retratar sua relação com o universo político, analisando e denunciando o poder patriarcal, salientando, ao mesmo tempo, a potencialidade da perspectiva e da ação femininas. Além de analisar como as mulheres cineastas associam a repressão política ou a perda de democracia com a questão de gênero, será realizada uma comparação dos três filmes para melhor compreender os pontos em comum e divergentes na criação das narrativas audiovisuais acerca da atuação de mulheres em contextos políticos.
This work aims to discuss contemporary Brazilian women filmmakers, who address political issues in their films, namely the military dictatorship and threats to redemocratization. In addition to disserting on the sociopolitical contexts in question, analyzes of three contemporary documentaries will be carried out: Os Dias com Ele de Maria Clara Escobar (2014), Democracia em vertigem de Petra Costa (2019) e Mexeu com uma mexeu com todas de Sandra Werneck (2017). These films address political issues, both from a political (state power) and private (the issue of women and their oppression by the patriarchal system) dimension, presenting several issues related to the feminine, such as: memory of the dictatorship, a recente political coup (impeachment) and sexism. The directors use the camera as a means of portraying their relationship with the political universe, analyzing and denouncing patriarchal power, while emphasizing the potential female perspective and action. In addition to analyzing how women filmmakers associate political repression or the loss of democracy with the issue of gender, a comparison of the three films will be carried out to better understand the common and divergent points in the creation of audiovisual narratives about the performance of women in contexts politicians.
Descrição
Citação
ROLO, Jaqueline Andreto F. Mulheres de cinema: as cineastas Maria Clara Escobar, Petra Costa e Sandra Werneck, e as questões políticas e sociais que as circundam. São Paulo: UNIFESP, 2021 p.76.