Como Reduzir O Número De Bi-Rads" 3 Na Ultrassonografia De Mamas.

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2018-02-22
Autores
Ramos, Igor Rodrigues [UNIFESP]
Orientadores
Mello, Giselle Guedes Netto De [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Breast Cancer Is The Leading Cause Of Cancer Death, Among Women. Imaging Methods Have Become Essential For Cancer Screening. Mammary Ultrasonography Has Its Use Diffused Mainly In The Complementation Of Inconclusive Mammograms And In Women With Risk Factors Important For Breast Cancer. The Bi-Rads 3 Category Rating "Probably Benign" Was Implemented To Reduce The Number Of Biopsies To Findings, Maintaining A High Rate Of Cancer Detection In Early Stage. Radiologists Commonly Find Lesions That Are Probably Benign During The Daily Ultrasound Examinations Of The Breast. Some Studies Have Shown That Incidence Of Probably Benign Lesions In Breast Ultrasound Screening Can Be As High As 36.9% And 33.6% In The General Population. For All Findings Evaluated As Likely To Be Benign On Ultrasound, The Follow-Up Protocol Must Be Identical To That Used For Mammographically Characterized Lesions, Involving Follow-Up Examinations At 6, 12 And 24 Months, Considering Lesions Of Bi-Rads Classification 3: Ovoid And Circumscribed
O Câncer De Mama Constitui-Se Na Primeira Causa De Morte, Por Câncer, Entre As Mulheres. Os Métodos De Imagem Tornaram-Se Essenciais Para O Rastreamento Do Câncer De Mama, Sendo Que A Ultrassonografia Mamária Tem Seu Uso Difundido Principalmente Na Complementação De Mamografias Inconclusivas E Em Mulheres Com Fatores De Risco Importantes Para Câncer De Mama. A Classificação Da Categoria Bi-Rads 3 "Provavelmente Benigna" Foi Implementada Para Reduzir O Número De Biópsias Para Achados De Imagem Falso Positivo, Mantendo Uma Alta Taxa De Detecção De Câncer Em Estágio Inicial. Os Radiologistas Comumente Encontram Lesões Provavelmente Benignas Durante Os Exames Diários De Ultrassom Da Mama. Alguns Estudos Mostraram Que A Incidência De Lesões Provavelmente Benignas Na Triagem Feitas Por Ultrassom De Mama Pode Ser Tão Alta Quanto 36,9% E 33,6% Na População Geral. Para Todos Os Achados Avaliados Como Provavelmente Benignos Ao Ultrassom, O Protocolo De Acompanhamento Deve Ser Idêntico Àquele Utilizado Para Lesões Mamog
Descrição
Citação