Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58754
Title: Avaliação da participação do hipocampo dorsal na plasticidade sináptica associada à expressão de pCREB nos núcleos da amígdala após a tarefa de esquiva inibitória
Other Titles: Evaluation of dorsal hippocampal involvement in synaptic plasticity associated with expression of pCREB in the amygdala nuclei after the task of inhibitory avoidance
Authors: Oliveira, Maria Gabriela Menezes de [UNIFESP]
Favaro, Vanessa Manchin [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4447680J4
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4723159U8
Keywords: Inhibitory avoidance
Amygdala
Hippocampus
Memory
pCREB
Rats
Esquiva inibitória
Amígdala
Hipocampo
Memória
pCREB
Ratos
Issue Date: 25-Jul-2019
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: FAVARO, Vanessa Manchin. Avaliação da participação do hipocampo dorsal na plasticidade sináptica associada à expressão de pCREB nos núcleos da amígdala após a tarefa de esquiva inibitória. 2019. 81 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo.
Abstract: The Inhibitory Avoidance (IA) - step-through and contextual fear conditioning (CFC) tasks are based on different types of associative learning, in which memories related to aversive events can be studied. The both tasks involve the association between stimuli, the conditioned stimulus, which can be the context where the animal is placed, and the unconditioned, as a foot shock, related to the fear conditioning. In particular, only the task of IA also involves the association between a behavior and a stimulus, this type of learning is relative to the instrumental conditioning. It is known that both tasks depend on the involvement of the amygdala, while the involvement of the hippocampus depends on the salience of contextual and spatial components present in these tasks. An earlier study from our laboratory showed that temporary dorsal hippocampal blockade not only decreased the animals' defensive behaviors in CFC but also decreased the expression of the phosphorylated cAMP response element binding protein (pCREB), a related transcription factor to synaptic plasticity and memory, in the amygdala nuclei. In this sense, the present study investigated the participation of the dorsal hippocampus in the synaptic plasticity associated with pCREB expression in the amygdala nuclei after the IA task. In Phase 1, significant differences were observed in the defensive behaviors, particularly in latency, freezing time in the white compartment and in the time in activity in animals submitted to immediate shock and the condition of habituation in the IA task. In addition, an increase in pCREB expression was observed in the lateral, basolateral and central nuclei of the amygdala after the EI-step-through task. In Phase 2, the results of the pharmacological experiments showed that the manipulation of different classes of hippocampal receptors did not affect the performance of the animals in the step-through IA task. In agreement with the pharmacological results, data obtained with the immunohistochemical technique showed that the expression of pCREB in the lateral, basolateral and central nuclei of the amygdala is independent of the participation of the hippocampus. Taken together, our results suggest that the interaction between hippocampus and amygdala in the step-through IA task is different when compared to CFC, possibly due to the instrumental component of learning.
As tarefas de esquiva inibitória (EI) – step-through e de condicionamento de medo ao contexto (CMC) são baseadas em diferentes tipos de aprendizagem associativa, nas quais as memórias relacionadas aos eventos aversivos podem ser estudadas. As duas tarefas envolvem a associação entre estímulos, sendo um chamado de condicionado, que pode ser o contexto onde o animal está inserido, e o outro de incondicionado, como um choque nas patas, relativos ao condicionamento de medo. Em particular, entre ambas, apenas a tarefa de EI envolve também a associação entre um comportamento ativo e um estímulo, sendo esse tipo de aprendizagem relativo ao chamado condicionamento instrumental. Sabe-se que ambas tarefas dependem da participação da amígdala, enquanto o envolvimento do hipocampo depende da saliência de componentes contextuais e espaciais presentes nessas tarefas. Um estudo anterior do nosso laboratório mostrou que o bloqueio temporário do hipocampo dorsal não apenas diminuiu os comportamentos defensivos dos animais no CMC, mas também diminuiu a expressão da proteína de ligação ao elemento de resposta do AMPc fosforilado (pCREB), um fator de transcrição relacionado à plasticidade sináptica e à memória, nos núcleos da amígdala. Nesse sentido, o presente estudo investigou a participação do hipocampo dorsal na plasticidade sináptica associada a expressão de pCREB nos núcleos da amígdala após a tarefa de EI – step-through. Na Etapa 1, foram observadas diferenças significativas nos comportamentos defensivos, em particular na latência, no tempo de congelamento no compartimento branco e no tempo em atividade em animais submetidos ao choque imediato e a condição de habituação na tarefa de EI. Além disso, foi observado um aumento na expressão de pCREB nos núcleos lateral, basolateral e central da amígdala após a tarefa de EI – stepthrough. Na Etapa 2, os resultados dos experimentos farmacológicos evidenciaram que a manipulação de diferentes sistemas de neurotransmissão hipocampais não afetaram o desempenho dos animais na tarefa de EI – stepthrough. Em concordância com os resultados farmacológicos, os dados obtidos com a técnica de imuno-histoquímica mostraram que a expressão de pCREB nos núcleos lateral, basolateral e central da amígdala é independente da participação do hipocampo dorsal. Em conjunto, nossos resultados sugerem que a interação entre hipocampo dorsal e amígdala na tarefa de EI - step-through é diferente quando comparada ao CMC, possivelmente devido ao componente instrumental de aprendizagem.
URI: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58754
Other Identifiers: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.xhtml?popup=true&id_trabalho=7678557
Appears in Collections:Tese de doutorado

Files in This Item:
File SizeFormat 
2019 FAVARO, VANESSA MANCHIM.Doutorado.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.