Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48346
Title: Efeito da administração da polpa de juçara (euterpe edulis mart) na permeabilidade intestinal de camundongos tratados com dieta hiperlipídica e hipercalórica
Authors: Oyama, Lila Missae [UNIFESP]
Silva, Fernanda Pinheiro da [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: dieta hiperlipídica e hipercalórica em camundongos
Issue Date: 31-Jul-2015
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: SILVA, Fernanda Pinheiro da. Efeito da administração da polpa de juçara (euterpe edulis mart) na permeabilidade intestinal de camundongos tratados com dieta hiperlipídica e hipercalórica. 2015. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2015.
Abstract: A obesidade pode ser definida como uma doença caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, sendo consequência do balanço energético positivo e que acarreta repercussões à saúde (WHO, 2000). No Brasil, levantamento realizado pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (VIGITEL) em 2014 apontou uma variação significativa na prevalência de obesidade no país, passando de 11,9% em 2006 para 17,9% da população de adultos em 2014 (BRASIL, 2014). As doenças que vem associadas ao acúmulo excessivo de tecido adiposo aumentaram de forma expressiva em todo o mundo, dentre elas a resistência a insulina, diabetes mellitus tipo 2, hiperlipidemia e as doenças cardiovasculares (ZANELLA et al., 2001). No Brasil, em 2007, cerca de 72% dos óbitos foram atribuídos as doenças crônicas não transmissíveis, entre elas as doenças cardiovasculares e diabetes (SCHMIDT et al., 2011). Os fatores ambientais, como o consumo de dietas inadequadas, com alto valor calórico e pobres em micronutrientes, e a inatividade física são os fatores que mais contribuem para o desencadeamento da obesidade em humanos (ROSINI; SILVA; MORAES, 2012). A obesidade é caracterizada pelo aumento do armazenamento de ácidos graxos no tecido adiposo e está intimamente associada ao desenvolvimento da resistência a insulina em tecidos periféricos, como o músculo esquelético e o fígado (GALIC et al, 2010). O tecido adiposo está localizado em depósitos diversos, sendo os principais o depósito subcutâneo e os depósitos viscerais. Além disso, ele é 2 dividido em dois tipos que são fisiologicamente distintos, o tecido adiposo marrom e o tecido adiposo branco (DO PRADO et al., 2009).
URI: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48346
Other Identifiers: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2404089
Appears in Collections:PPG - Nutrição

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.