Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17954
Title: Análise autorradiográfica de receptores muscarínicos M1 no cérebro do rato após 96 horas de privação de sono paradoxal
Other Titles: Autoradiographic analysis of the M1 muscarinic receptors in the rat barin after 96h of sleep deprivation
Authors: Oliveira, Maria Gabriela Menezes de [UNIFESP]
Moreira, Karin Di Monteiro [UNIFESP]
Keywords: Privação do sono
Autorradiografia
Receptores muscarínicos
Issue Date: 2002
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2002. 36 p. ilustab.
Abstract: Diversos estudos sugerem uma relacao entre sono e memoria. O sono, especialmente o Sono Paradoxal (SP) ou Sono REM (rapid-eye-movement), parece ser importante no processo de consolidacao de informacoes recentemente adquiridas. Estudos anteriores demonstraram que a Privacao de Sono Paradoxal (PSP) antes do treino prejudica a aquisicao de tarefas de memoria aversivamente motivadas e que esse prejuizo pode ser evitado pelo tratamento com pilocarpina, um agonista colinergico, durante o periodo de PSP. Esse dado sugere que alteracoes do sistema colinergico, decorrentes da PSP, tambem podem estar envolvidas na genese do prejuizo de memoria provocado pela mesma. O receptor colinergico muscarinico M1 e supostamente o mais envolvido em processos de aprendizagem e memoria pelo fato de que predominam no hipocampo, amigdala e cortex, areas do cerebro onde a transmissao colinergica apresenta uma funcao essencial nos processos mnemonicos. Alem disso administracoes de diciclomina, pirenzepina, ou outros antagonistas M1-seletivos, prejudicam a memoria; efeito este semelhante ao observado apos PSP. O presente trabalho analisou os efeitos de 96h de PSP sobre os receptores muscarinicos Ml no cerebro do rato atraves da tecnica de de receptores. A hipotese experimental e que 96 h de PSP altere a ligacao de receptores Ml em regioes do cerebro que fazem parte da circuitaria envolvida na mediacao de processos de aprendizagem e memoria. Ratos machos, Wistar, foram divididos em tres grupos: os animais do grupo plataforma estreita (PE) foram privados de SP pelo metodo da plataforma multipla modificada (MMPM), os animais do grupo recuperacao (RE) sofreram o mesmo procedimento do grupo PE, mas retornaram para sua gaiola de origem apos o periodo de privacao onde permaneceram durante 24h. Os animais do grupo controle de gaiola (CG) permaneceram em suas gaiolas de origem durante todo o periodo de privacao. [3H]pirenzepina foi o radioligante utilizado para a analise de receptores M1muscarinicos no cerebro. A analise da ligacao de receptores muscarinicos Ml nao mostrou diferencas significativas entre os grupos nas 39 areas estudadas, areas relacionadas aos processos de aprendizagem e memoria e do tronco cerebral relacionadas a geracao de sono. Esse resultado sugere que o prejuizo de memoria observado apos PSP paradoxal parece nao ser devido a uma alteracao na ligacao de receptores muscarinicos Ml
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17954
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.