Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17689
Title: Análise histomorfológica e caracterização dos glicosaminoglicanos do útero de ratas tratadas com estrogênio, progestagênio e raloxifeno
Other Titles: Histomorphological analysis and characterization of glycosaminoglycans of adult castred rat uteri treated with strogen, progesterone and raloxifene
Authors: Simões, Manuel de Jesus [UNIFESP]
Keywords: Estrogênios
Progestinas
Raloxifeno
Útero
Glicosaminoglicanas
Morfologia
Estrogens
Progestins
Raloxifene
Uterus
Glycosaminoglycans
Issue Date: 2001
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: São Paulo: [s.n.], 2001. 132 p. ilustabgraf.
Abstract: Procurou-se avaliar, neste estudo, sob o ponto de vista histomorfomologico e bioquimico, os efeitos do tratamento com estrogenios conjugados equinos (CEE), isolados ou associados ao acetato de medroxiprogesterona (AMP), e do raloxifeno (RAL) sobre o endometrio de ratas adultas ooforectomizadas. Estudaram-se ratas adultas que, 60 dias apos serem castradas, foram distribuidas aleatoriamente, em cinco grupos: Grupo I - castrado; Grupo II tratadas com CEE (50 gg/kg, por dia); Grupo III - tratadas com AMP (0,2 mg/kg, por dia); Grupo IV - tratadas com CEE (50 gg/kg, por dia) + AMP (0,2 mg/kg, por dia); Grupo V - tratadas com RAL (3 mg/kg, por dia). A administracao dos farmacos foi feita por gavagem, sempre no periodo da manha, durante 28 dias consecutivos. Apos esse periodo os animais foram sacrificados e retiraram-se os uteros, os quais foram mergulhados em formol a 10 por cento. Em seguida, seccionaram-se os corpos uterinos, sendo a porcao media processada para estudo histologico e determinacao do indice de proliferacao nuclear (PCNA) dos epitelios superficial e glandular, em microscopia de luz; o restante do material foi processado para deteccao e determinacao bioquimica dos glicosaminoglicanos. Os resultados mostraram que os EEC isolados apresentaram efeito trofico sobre o endometrio e aumento significante do PCNA; a associacao de AMP inibiu, em parte, estes efeitos proliferativos. Ja nos grupos tratados com AMP ou RAL notamos atrofia endometrial e baixos indices de PCNA. Entretanto, no grupo que recebeu RAL identificamos a presenca de eosinofilos no estroma endometrial, o que sugere haver ligeira acao estrogenica. Os glicosaminoglicanos sulfatados (em especial o dermatam sulfato) apresentaram-se em niveis mais elevados nos animais tratados com EEC isolados ou associados ao AMP. Os indices de heparam sulfato mostraram-se baixos nos uteros dos animais tratados com AMP isoladamente ou associado aos EEC. A dosagem de acido hialuronico nao apresentou alteracoes entre os varios grupos de estudo. O raloxifeno nao alterou os niveis de glicosaminoglicanos no utero de ratas
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/17689
Appears in Collections:Em verificação - Dissertações e teses

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.