Todo paciente que você vê é uma lição muito maior que a doença que sofreu: uma análise da percepção sobre ciências de alunos fora de tratamento oncológico

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2024-04-25
Autores
Silva, Jailson Alves da [UNIFESP]
Orientadores
Rosalen, Marilena Aparecida de Souza [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Esta dissertação está inserida no debate educacional sobre a percepção dos conceitos em Ciências de alunos/pacientes fora de tratamento oncológico atendidos no ambiente escolar hospitalar do hospital do Grupo de Apoio ao Adolescente e a Criança com Câncer do Instituto de Oncologia Pediátrica da Universidade Federal de São Paulo (GRAACC-IOP-UNIFESP). Por meio de referenciais teóricos da área, busca-se compreender o conjunto de características relacionadas com os conceitos em Ciências aprendidos por esses alunos, como também as necessidades, interesses e motivações para o ensino de Ciências nesse ambiente escolar hospitalar, sendo nesse caso, um desdobramento de trabalho de conclusão de curso. A relevância dessa temática justifica-se na ideia de que o ensino de Ciências precisa ser planejado para ir além dos conceitos subjetivos de Ciências, avançando para leitura da sua linguagem, compreendendo a sua estrutura sintática e discursiva por meio de atividades práticas e de uma linguagem acessível para uma melhor assimilação dos conteúdos. Assim, o objetivo deste trabalho é conhecer e analisar a percepção dos alunos, que estiveram em tratamento oncológico, sobre estudar Ciências, buscando entender quais os significados atribuídos as Ciências por esses alunos. Para alcançar esse objetivo optou-se por uma pesquisa de campo qualitativa e descritiva no setor da EMAE – Escola Móvel/Aluno Específico e da clínica do Cfort – Clínica fora de tratamento no Hospital do GRAACC. Destaca-se que a proposta foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UNIFESP e do Hospital do GRAACC. Como instrumentos de coleta de dados foram utilizados: análise de documentos oficiais da Escola Móvel; observação de aulas de Ciências; entrevista com alunos da clínica do Cfort. A análise ocorreu por meio da triangulação de dados. Como resultados foi possível destacar a importância das ciências para os alunos entrevistados e de como o ambiente hospitalar facilitou os estudos, uma vez que estes alunos tinham interesse em entender mais sobre sua doença e do seu tratamento.
This dissertation is part of the educational debate on the perception of concepts in Science by students/patients outside of oncological treatment treated in the hospital school environment of the hospital of the Support Group for Adolescents and Children with Cancer of the Institute of Pediatric Oncology of the Federal University of São Paulo (GRAACC-IOP-UNIFESP). Through theoretical references in the area, we seek to understand the set of characteristics related to the concepts in Science learned by these students, as well as the needs, interests and motivations for teaching Science in this hospital school environment, in this case, a unfolding of course completion work. The relevance of this theme is justified by the idea that Science teaching needs to be planned to go beyond the subjective concepts of Science, moving towards reading its language, understanding its syntactic and discursive structure through practical activities and a language accessible for better assimilation of content. Thus, the objective of this work is to understand and analyze the perception of students who were undergoing cancer treatment about studying Sciences, seeking to understand the meanings attributed to Sciences by these students and to achieve this objective we opted for qualitative and descriptive field research. in the EMAE sector – Mobile School/Specific Student and the Cfort clinic – Out-of-treatment clinic at the GRAACC Hospital. It is noteworthy that the proposal was approved by the Research Ethics Committee of UNIFESP and the GRAACC Hospital. The following data collection instruments were used: analysis of official documents from Escola Móvel; observation of science classes; interview with students from the Cfort clinic. The analysis occurred through data triangulation. As a result, it was possible to highlight the importance of science for the students interviewed and how the hospital environment facilitated their studies, since these students were interested in understanding more about their illness and its treatment. Keywords: Perception in Science; Science teaching; Hospital School Environment, Cancer, Oncological Treatment.
Descrição
Citação