Mercado de trabalho brasileiro: Sistema público de emprego (2004-2014)

dc.audience.educationlevelMestrado
dc.contributor.advisorPereira Neto, Murilo Leal [UNIFESP]
dc.contributor.authorSantos, Rafaella Lima Dos [UNIFESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulopt
dc.date.accessioned2022-07-21T16:02:25Z
dc.date.available2022-07-21T16:02:25Z
dc.date.issued2020-04-03
dc.description.abstractThis study seeks to analyze the formation of the Public Employment System in Brazil, considering the socioeconomic contexts in which the labor market was structured and the role of the State in the formulation of policies aimed at the regulation of labor relations and, especially, for the protection of the workers. First, we look for some theoretical interpretation lines for the cause of unemployment, so that it was possible to understand the origins of the Public Employment System from the creation of the ILO and how it unfolds in Brazil, after analyzing the expansion and regulation of the Brazilian labor market. between 2003 and 2014, in order to understand the institutional changes that occurred in labor relations to try to understand if the improvements of this period are only a by-product of economic growth or the institutional design has also changed pointing to a possible qualitative change in the labor market.en
dc.description.abstractEste estudo procura analisar a formação do Sistema Público de Emprego no Brasil, considerando os contextos socioeconômicos em que se estruturou o mercado de trabalho e o papel do Estado na formulação de políticas voltadas para a regulação das relações de trabalho e, especialmente, para a proteção dos trabalhadores. Primeiro buscamos algumas linhas de interpretação teórica para a causa do desemprego, para que fosse possível entender as origens do Sistema Público de Emprego a partir da criação da OIT e como isso se desdobra no Brasil, após analisaremos a expansão e regulamentação do mercado de trabalho brasileiro entre 2003 e 2014, para assim entender quais foram as mudanças institucionais ocorridas nas relações de trabalho para tentar entender se as melhorias desse período tratam apenas de um subproduto do crescimento econômico ou o desenho institucional também mudou apontando para uma possível alteração qualitativa no mercado de trabalho.pt
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2020)
dc.format.extent91 p.
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=10816501
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/11600/64241
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectLabor Marketen
dc.subjectPublic Policyen
dc.subjectPublic Employment Systemen
dc.subjectBrazilian Economyen
dc.subjectInstitutional Changesen
dc.subjectMercado De Trabalhopt
dc.subjectPolíticas Públicaspt
dc.subjectSistema Público De Empregopt
dc.subjectEconomia Brasileirapt
dc.subjectMudanças Institucionaispt
dc.titleMercado de trabalho brasileiro: Sistema público de emprego (2004-2014)pt
dc.typeDissertação de mestrado
unifesp.campusOsasco, Escola Paulista de Política, Economia e Negóciospt
unifesp.graduateProgramEconomia e Desenvolvimentopt
unifesp.knowledgeAreaEconomia E Desenvolvimentopt
unifesp.researchAreaDesenvolvimento: Teoria E Historiapt
Arquivos