Trajetórias impressas: desapropriação Xavante e Agropecuária Suiá Missú (1960-1992) - mapeando a narrativa jornalística regional e nacional

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2023-12-14
Autores
Rezende, Sofia de Carvalho [UNIFESP]
Orientadores
Plens, Cláudia Regina
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Este projeto de pesquisa analisa, a partir da cobertura midiática durante a década de 1960 até o ano de 1992, a temática indígena, concentrando-se nos Xavante de Marãiwatsédé, residentes no leste mato-grossense. Para tanto, buscou-se estabelecer o contexto da implantação da empresa agropecuária Suiá Missú, a partir da desapropriação forçada desses povos originários, e sua consequente trajetória. Para o alcance desse objetivo, visando compreender o papel da mídia na construção de narrativas sobre comunidades indígenas, a abordagem metodológica incluiu a exploração das dinâmicas regionais e nacionais, tendo por fontes O Estado do Mato Grosso e o Estado de S. Paulo (ou Estadão), assim como a análise da relação entre mídia e história, a identificação de padrões recorrentes e a contextualização histórica das notícias. Como parte dos resultados alcançados, observou-se a falta de representação direta dos Xavante de Marãiwatsédé nos jornais, destacando vieses e possíveis influências políticas na abordagem das notícias. Por fim, ressalta-se a necessidade de uma abordagem crítica além das limitações da mídia e o aprofundamento na compreensão das representações dos agentes sócio-históricos envolvidos, suas ações e os efeitos resultantes na luta pelos direitos desses povos.
Descrição
Citação
REZENDE, Sofia de Carvalho. Trajetórias impressas: desapropriação Xavante e Agropecuária Suiá Missú (1960-1992) - mapeando a narrativa jornalística regional e nacional. 2023. 55 f. Trabalho de conclusão de curso (Licenciatura em História) - Universidade Federal de São Paulo, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, 2023
Coleções