Tradução e adaptação cultural das escalas Pediatric Cerebral Performance Category (PCPC) e Pediatric Overall Performance Category (POPC) para o português brasileiro

Carregando...
Imagem de Miniatura
Data
2021-08-24
Autores
Chiarastelli, Talita de Castro [UNIFESP]
Orientadores
Carvalho, Raquel de Paula [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Objetivo: Traduzir e adaptar culturalmente para a população brasileira as escalas Pediatric Cerebral Performance Category (PCPC) e Pediatric Overall Performance Category (POPC). Métodos: Duas pessoas bilingues, com perfis distintos, traduziram as escalas originais para o português do Brasil, sendo as duas versões fundidas em um documento. Esse documento foi retrotraduzido para o inglês, por duas pessoas nativas da língua inglesa, gerando duas versões, as quais foram fundidas em um documento único que foi confrontado com a versão original. Em seguida, um comitê de especialistas verificou a validade do conteúdo gerando a versão final das escalas, que foi testada em 25 crianças por 25 profissionais de uma Unidade de Terapia Intensiva, a fim de verificar a tradução e adaptação cultural para o português do Brasil. Um processo de auditoria foi realizado para verificar a consistência do processo metodológico. Resultados: Não foi necessária a realização de mudanças importantes no conteúdo do instrumento, entretanto foi observada a necessidade da criação de um guia com instruções sobre a aplicação das escalas. Conclusão: As fases de tradução e adaptação cultural das escalas foram concluídas, resultando nas versões PCPC-BR e POPC-BR. Futuros estudos são necessários para os testes de validade e confiabilidade das escalas para garantir a acurácia da aplicação na população brasileira.
This study aimed to translate and to cross-cultural adapt the Pediatric Cerebral Performance Category (PCPC) and Pediatric Overall Performance Category Scale (POPC) to Brazilian population. Two Brazilians with different profiles translate the original version of those scales to Brazilian Portuguese. Then, these two versions were merged into one document. This document was back-translated into English by two native English speakers, generating two versions in English. These versions were merged into a new document, which was compared with an original version. After that, a committee of experts verified the validity of the content, generating the final version of the scales, which in a second moment was tested on 25 children by 25 professionals from the Intensive Care Unit of Hospital Sabará, to verify the translation and cross-cultural adaptation for Brazilian Portuguese. An audit process was carried out to verify the consistency of the methodological process. Results: It was not necessary to make important changes in the content of the instrument, however, the need to create a guide with instructions on the application of the scales was observed. Conclusion: The translation and cross-cultural adaptation of the scales were concluded, resulting in the PCPC-BR and POPC-BR versions. Future studies are necessary to evaluate the validity and reliability to guarantee the accuracy of the application in the Brazilian population.
Descrição
Citação
CHIARASTELLI, Talita de Castro. Tradução e adaptação cultural das escalas Pediatric Cerebral Performance Category (PCPC) e Pediatric Overall Performance Category (POPC) para o português brasileiro. 2021. 110 f. Dissertação (Mestrado Interdisciplinar em Ciências da Saúde) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2021.