Papel do exercício físico paterno sobre o metabolismo da prole F1 submetida a dieta hiperlipídica

dc.audience.educationlevelDoutoradopt_BR
dc.contributor.advisorAraujo, Ronaldo de Carvalho [UNIFESP]pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8650749833791970
dc.contributor.authorBatista, Rogerio de Oliveira [UNIFESP]pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/7350778503630123
dc.coverage.spatialSão Paulo
dc.date.accessioned2020-03-25T12:11:05Z
dc.date.available2020-03-25T12:11:05Z
dc.date.issued2018-07-23
dc.description.abstractThe role of the father's lifestyle was related in the literature to changes in the offspring phenotype of both genders. Physical training performed during pregnancy can reduce the negative effects of hepatic steatosis mediated by high caloric intake of the offspring through activation of the 5 'activated protein kinase (AMPK) as well as its pathway and targets for its signaling, including the receptor peroxisome alpha (PPARα), peroxisome proliferatoractivated receptor (PGC1α) coactivator 1 and fatty acid synthase (FAS), which will mediate the inhibition of the lipogenesis process and regulation of cellular energy. In addition, paternal and maternal obesity act on the birth weight of the offspring and induce increases in adiposity, glucose intolerance and insulin resistance in the progeny, a central feature of "metabolic programming". Considering the contribution of maternal training, but not of paternal training, on the determination of the offspring phenotype, it is of pivotal importance to analyze the role of the preconception physical exercise performed by the father on the metabolic profile of the next generation (male and female ) associated with the supply of high fat diet for the establishment of obesity. C57BL/6 (F0) mice were matched in sedentary and trained groups. After the training period, the mating occurred with sedentary females and the body weight gain of offspring weaned was observed subsequently. The swimming exercise reduced the FAS and ACC gene expression in the testes as well as increased the protein content of the AMPK in the testes, epididymis and head/body and tail portions. The progeny presented low birth weight at P1, which reached normal weight at P60. During the induction of obesity through the supply of hyperlipid diet (HFD), the male offspring of exercised fathers had lower body weight gain compared to the control group, while the female offspring did not reveal any difference compared to the sedentary counterpart. Glucose intolerance and insulin resistance did not present difference in both proles regardless of the low weight observed in the offspring of exercised fathers. There were no changes in Cpeptide and GIP levels, but reductions were observed in leptin and resistin levels in male offspring of exercised fathers. The level of steatosis in the male offspring of trained fathers was reduced, while the female offspring had the same level of steatosis compared to the control group. The gene expression for Prkaa2, Ppar1α and Cpt1α was increased by paternal exercise in the liver of the offspring compared to the control group but was not regulated in the offspring. Protein content of AMPK was increased in the liver of male offspring but there was no difference in female offspring. Paternal physical exercise was able to regulate the methylation pattern of hepatic DNA in male offspring without substantial changes in female offspring. Together the results suggest a protection against the induction of obesity in progeny mediated by paternal lifestyle in a specificgender. The role of paternal influence can improve the metabolic profile of the offspring and potentiate the oxidative and lipolytic enzymatic activities in the progeny liver, and DNA methylation, playing a brief role in improving the negative effects of obesity.en
dc.description.abstractO papel do estilo de vida paterno foi relacionado, na literatura, a alterações no fenótipo da prole de ambos os gêneros. O treinamento físico realizado durante a gestação pode reduzir os efeitos negativos da esteatose hepática, mediada por alta ingesta calórica dos filhos através da ativação da proteína quinase ativada por 5’ (AMPK) bem como sua via e alvos de sua sinalização, incluindo o receptor alfa de peroxissoma (PPARα), o coativador 1 alfa do receptor ativado por proliferador de peroxissoma (PGC1α) e a ácido graxo sintase (FAS), no qual irão mediar a inibição do processo de lipogênese e regulação da energia celular. Adicionalmente a obesidade paterna e materna atuam sobre o peso ao nascer da prole e induzem aumentos na adiposidade, intolerância à glicose e resistência à insulina na progênie, característica central da “programação metabólica”. Tendo em vista a contribuição do treino materno, mas não do treino paterno, sobre a determinação do fenótipo dos filhos, é de suma importância analisar o papel do exercício físico préconcepção realizado pelo pai sobre o perfil metabólico da próxima geração (macho e fêmea) associada à oferta de dieta rica em gordura para o estabelecimento da obesidade. Camundongos C57BL/6 (F0) foram distribuídos em grupos sedentário e treinado. Após o período de treinamento, o cruzamento ocorreu com fêmeas sedentárias e o ganho de peso corporal da prole foi observado subsequentemente. O exercício de natação reduziu a expressão gênica da FAS e ACC nos testículos bem como aumentou o conteúdo de proteína da AMPK nos testículos, epidídimo e porções cabeça/corpo e cauda. A progênie apresentou baixo peso ao nascer no P1, no qual atingiu peso normal no P60. Durante a indução da obesidade através da oferta de dieta hiperlipídica (HFD), a prole macho de pais exercitados apresentaram menor ganho de peso corporal comparado ao grupo controle, enquanto a prole fêmea não revelou nenhuma diferença comparada a contraparte sedentária. A intolerância à glicose e resistência à insulina não apresentaram diferença em ambas as proles independente do baixo peso observado nos filhos de pais exercitados. Não houve alterações nos nívesi de peptídeoC e GIP, mas reduções foram constatadas nos níveis de leptina e resistina na prole machos de pais exercitados. O nível de esteatose na prole macho de pais treinados estava reduzida, enquanto a prole fêmea apresentou o mesmo nível de esteatose comparada ao grupo controle. A expressão gênica para Prkaa2, Ppar1α e Cpt1α estava aumentada pelo exercício paterno no fígado da prole macho comparada ao grupo controle mas não foi regulada na prole fêmea. O conteúdo protéico de AMPK estava aumentado no fígado da prole macho mas não houve diferença na prole fêmea. O exercício físico paterno foi capaz de regular o padrão de metilação do DNA hepático na prole macho sem mudanças substanciais na prole fêmea. Juntos os resultados sugerem uma proteção contra a indução da obesidade na prole mediada por estilo de vida paterno de forma gênero específica. O papel da influência paterna pode melhorar o perfil metabólico na prole e potencializar as atividades enzimáticas oxidativas e lipolíticas no fígado da progênie, e metilação do DNA, desempenhando um papel sumário na amelioração dos efeitos negativos da obesidade.pt_BR
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2018)
dc.description.sponsorshipCoordenação de Pessoal de Ensino Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.description.sponsorshipIDCAPES: PROEX0243086
dc.description.sponsorshipIDFAPESP: 2015/200827
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=6635143pt_BR
dc.identifier.file2018-1138.pdf
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/53193
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectMetabolismen
dc.subjectMetabolismopt_BR
dc.subjectPaternal physicalen
dc.subjectAmpk
dc.subjectObesityen
dc.subjectExercício físico paternopt_BR
dc.subjectAmpk
dc.subjectObesidadept_BR
dc.titlePapel do exercício físico paterno sobre o metabolismo da prole F1 submetida a dieta hiperlipídicapt_BR
dc.title.alternativeRole of paternal physical exercise on metabolism of the offspring F1 submitted to highfat diet .
dc.typeTese de doutorado
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicinapt_BR
unifesp.graduateProgramMedicina (Nefrologia)pt_BR
unifesp.knowledgeAreaCiências da Saúdept_BR
unifesp.researchAreaBioquímica, Fisiologia e Fisiopatologia Experimentalpt_BR
Arquivos
Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
Marcos Mônico Neto - A.pdf
Tamanho:
1.88 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição:
Tese de doutorado